sexta-feira, janeiro 23, 2015

Das Saudades


Em tempos disseram me que eu tinha jeito para escrever. Parece que mantem se a mesma opinião. Parece. Não quer dizer que o seja. Talvez. Não sei. Nunca consegui perceber. Mas vou tentando.
Depois vou olhando para uma folha de papel e as palavras, essas não me conseguem sair. Vão ficando em pensamentos. Porque? Pelo medo de escrever. Apenas isso. Ganhei isso e não devia ter ganho. Saudades de escrever tudo sem medos. Sem receios. Apenas e só isso. Saudades de escrever em papel, blocos de notas e tudo mais. Muitas mesmo. De pegar no portátil e escrever textos e crónicas.