sábado, novembro 15, 2014

Saudade

Saudade... Não sei muito bem do que mas até sei. 
Saudade de várias coisas. 
Saudade de tudo.
Saudade de algo.
Saudade de pequenas coisas.
Saudade de ter esperança.
Saudade de ter sonhos e se realizarem.

3 comentários:

  1. Não tenho esperança nem sonhos, porque assim não tenho ilusões nem desilusões!

    ResponderEliminar
  2. A saudade tem várias origens distintas. Saudade de pessoas em que a sua alma já partiu para um outro mundo. Saudade de pessoas vivas cujo destino decidiu dar caminhos diferentes. Saudade de determinada acção ou acontecimento do nosso passado que nunca mais se chegou a repetir. Saudade de sentimentos bons, amizade, amor, corresponder, ser correspondido. E às vezes, até saudade de algo que nem conseguimos identificar ou pormenorizar. O mais curioso nisto tudo é, incrivelmente ter saudade de coisas que nunca aconteceram. Parece estranho para a maioria dos mortais mas, essa sensação no peito e que envolve todo o campo magnético à volta do corpo é comum muitas vezes.
    Tu és uma boa pessoa. Sempre o soube desde o início. Nunca deixes de ser como és. Simplesmente, genuína, sonhadora, sensível.
    Assim, a saudade e o sonho misturam-se. Também tenho saudade de tanto... e tenho sonhos sem fim.

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)