terça-feira, março 18, 2014

Perda


Começo me a esquecer da tua cara e da tua voz. 
Começo me a esquecer de ti, das tuas palavras e eu não queria. 

Porquê é que passados quase 5 anos a dor não diminui? 
Porquê é que eu não chorei no dia do funeral? 
Porquê é que só passado 1 ano e 1 mês é que chorei a tua falta, de tal modo que me faltou o ar? 
Porquê é que todos os anos me lembro do teu aniversário e da data em que te foste embora? 

Mas porque é que tu fostes e tanta falta me fazes hoje, amanhã e sempre?

6 comentários:

  1. As perdas nunca são fáceis. Muita força.

    ResponderEliminar
  2. <3
    não há muito a dizer às tuas palavras, só um xiiii grande

    ResponderEliminar
  3. Querida Sissy, deixo um abraço solidário.

    ResponderEliminar
  4. Com um atraso grande, mas apenas aqui fica um doce beijinho, Sissy.

    ResponderEliminar
  5. o tempo ajuda, não é?
    não cura, altera as prioridades
    força

    ResponderEliminar
  6. Falta, sempre irá fazer...isso te garanto! Sou perita em perdas, infelizmente! Mas uma coisa é certa...cada dia que passa, custa um bocadinho menos!! Muita força!

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)