quarta-feira, fevereiro 26, 2014

As Pessoas


As pessoas arranjam motivos para estarem mal, do mesmo modo em que arranjam motivos para estarem deprimidas. Adoram. 
Adoram queixar-se e dizer que as coisas correm mal, que isto e aquilo ou mais aquilo. Basicamente, irrita-me. 
Eu começo pelo essencial, aconteceu isto: mas não estou sozinha. Tenho alguém a quem ligar e para desabafar, para gritar que nem uma louca e depois acabarmos a rir nos. Tenho saúde, portanto o resto conseguimos com mais esforço ou menos esforço. 
Tenho objectivos. Sei muito bem o que quero e para onde vou. Tenho noção disso. Aqui pode ter dois lados, pode ser bom no sentido de ter noção disso, ou pode ser mau... 
Se estou mal, trato me de por bem (apesar de haver dias em que não vai resultar, mas poucos!), se não quero aturar gente estúpida e burra, limito me a respostas mínimas para não me irritar. Porque já dizia alguém sobre mim "tens tanto de boa como de má".

terça-feira, fevereiro 25, 2014

Só porque hoje

Só porque sim.
Só porque hoje realmente não sei muito bem.
Só porque hoje não sei.
Só porque hoje quero.
Só porque devia de ser.
Só porque não é.
Só porque tudo podia, mas foi.

segunda-feira, fevereiro 24, 2014

Como é que se esquece alguém que se amou?!


Não se esquece... Vai passando a memória, a recordação. Vai deixando de ser uma memória que magoa, para uma memória que é recordada raramente. Como? Com temo. Talvez bastante. Bastante, não. Muito tempo. E esperança. Esperança que esse sentimento acabe. Todos temos pessoas que amamos. Eu tenho. Recordo me de uma especial. Amei-a mesmo. Faz este ano 5 anos que partiu. Mas amei-a tanto e recordo me dela todos os dias. Nos dias piores vêm me as lágrimas aos olhos, nos dias melhores lembro me dela com um sorriso, lembro me dela brincar comigo quando era pequena. Lembro me do sorriso dela, de nunca sair de casa sem o bâton vermelho, da força dela, lembro me com saudade, mas lembro me acima de tudo com alegria. Alegria de te ter conhecido. Fazias anos este mês. Corrijo: fazes anos este mês. Corrijo por um motivo simples: porque quem amamos verdadeiramente nunca esquecemos, lembramos nos sempre e permanecem sempre vivos, pelo menos para nós.

segunda-feira, fevereiro 10, 2014

Quem Ama


Quem ama cuida, protege e retribui.

Quem ama dá espaço.

Quem ama é feliz com a felicidade do outro.

Quem ama sonha.

Quem ama preocupa-se.


Quem não ama, faz tudo o contrário.