terça-feira, setembro 10, 2013

Textos Perdidos (#06)


O merecer e o querer não é a mesma coisa. Eu posso merecer ser feliz e querer ser feliz contigo, mas tu não me mereces. Não mereces o meu sorriso, a minha felicidade, o meu desejo, o meu querer, a minha esperança que um dia vai correr tudo bem. Aquele dia em que vais estar perto de mim e vais sentir o meu sorriso. Aquele dia em que vamos andar de mãos dadas. Aquele dia em que vamos adormecer, juntos, abraçados a olhar para ti com promessas. Promessas de felicidade. Aquele dia em que vamos olhar um para o outros e saber que vamos ficar juntos. Aquele dia em que eu vou olhar para ti e dizer te que te quero com todas as minhas forcas, nada mais importa sem seres tu. Tu es quem eu quero, mas tu não me mereces. Contudo, consigo ser idiota, estúpida e parva para continuar a insistir no erro. Contudo tenho o orgulho, mas sobre o orgulho tenho o medo e o pânico de me sentir magoada, de sentir mais uma facada, mais uma dor. Uma facada daquelas que te fazem sentir que te tiram o ar, que precisas de ar, mas não tens. Não me mereces... Mas eu quero-te.
(24 de Julho de 2013)

Sem comentários:

Enviar um comentário

escreve... vá lá... não custa nada... ;)