quinta-feira, junho 06, 2013

Tanto eu...

 "É incrível como um simples telefonema teu consegue destabilizar-me por completo. Uma correlação quase perfeita entre o som da tua voz e a falência do meu sistema nervoso. O coração que dispara, as mãos que tremem descontroladamente, o cérebro que me falha. Não sei o que me passou pela cabeça quando vi o teu nome a piscar no visor. Até sei. Mas não tinha nada a ver com sapatos perdidos no tempo. Disso tenho a certeza.Terminada a chamada ali fiquei eu com o telefone agarrado às mãos e aquele sentimento de quem foi exposto, mais uma vez, ao ridículo. Sapatos, valha-me Deus. E eu a pensar que finalmente me irias convidar para tomar um café."