domingo, junho 16, 2013

Da [falta] de sono

Já dormi em hotéis, já dormi em tendas, já dormi no chão, com um cobertor por baixo, já dormi na casa de férias dos meus pais, já dormi em casas de férias de amigos, já dormi na praia, já dormi em cadeiras, já dormi em sofás, já dormi em futtons, já dormi em montes de sítios. Mas nunca dormi tão mal como agora. As insónias são uma constante. O dormir e acordar de 2 em 2 horas é uma constante. O dormir e adormecer por volta das 6 horas, para acordar às 7h10, também. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

escreve... vá lá... não custa nada... ;)