segunda-feira, junho 24, 2013

All About Love


Fazer amor, despenteia. Rir às gargalhadas, despenteia. Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia. Tirar a roupa, despenteia. Beijar a pessoa que se ama, despenteia. Brincar, despenteia. Cantar até ficar sem ar, despenteia. Dançar até duvidar se foi boa ideia colocar aqueles saltos gigantes, deixa o cabelo irreconhecível. É a lei da vida: estará sempre mais despenteado quem decidir ir no primeiro carrinho da montanha russa do que aquele que decide não subir. Entrega-te. Come coisas boas. Beija. Abraça. Dança. Apaixona-te. Relaxa. Viaja. Salta. Adormece tarde. Acorda cedo. Corre. Voa. Canta. Acima de tudo, deixa que a vida te despenteie. O pior que pode acontecer é que, ao passares pelo espelho, precises de pentear-te outra vez.

sexta-feira, junho 21, 2013

Os Posts Muito Futéis Também Voltaram! (#01)


Meus amores podeis ir ao site da Nordstrom e oferecer-me essas coisinhas todas. Apaixonei-me não sei bem se pelas sandálias com esse salto lindo que me levaria acima dos 1,80m, ou se pelo vestido. Toda uma indecisão anda para aqui. Não tenho a culpa de gostar de andar lá em cima nas alturas. Por isso e porque a indecisão nunca me ficou muito bem e sei sempre o que quero... quero tudo.

Coisas que apenas uma mulher iria postar

Do vício das unhas de acrílico e de gel, ficam aqui os exemplares. Coisa que adoro e sou viciada. E se vier aqui alguma alma e dizer "ah e tal estraga a unha, porque eu já usei" eu respondo: estraga que se a qualidade do gel for má, já andei algum tempo sem nada e a unha por baixo continuava ontem.

terça-feira, junho 18, 2013

Mas também é isto...

Sou para quem merece. Sou para quem me trata bem. Sou para quem me faz bem. Sou para quem gosta de mim. Sou para quem me ajuda. Sou para muita gente. De mim, apenas têm uma coisa, aquilo que me dão e algumas pessoas têm muito mais que isso.
No entanto, não me façam sentir magoada, farta e cansada, vão ver um lado que não vão gostar. Futuramente, posso me vir a arrepender da reacção, contudo, é o que se teve no momento em concreto. Não se pode apagar aquilo que se fez.
Os restantes, esforcem-se para lá chegar. Se quiserem, se não quiserem, mais sobra.

You make it feel like home


"Love the way they all keep talking 
Everybody likes the sound 
But no one ever hears me crying, crying out"

segunda-feira, junho 17, 2013

... Love me twice. (#02)


“Dear sir, Dear David, Merry Christmas and I hope you have a very happy New Year. I’m very sorry about the thing that happened. It was a very odd moment and I feel like a prize idiot. Particularly because - if you can’t say it at Christmas, when can you, eh? I’m actually yours. With love, your Natalie.”

Vamos lá despachar o assunto: Sissy is back!!!!!!!

Portanto... depois de um pequeno interregno no blogue, Sissy is back! Iam levando assim com uns posts coiso e tal, mas agora oficialmente e a 100% Sissy está de volta.
Por isso, meus amores adoráveis da blogosfera tenham cuidado (ou não)! Mau feitio sempre presente, posts do meu BFF Cristiano Ronaldo sempre presentes (e tenho uma foto linda que descobri que tenho que ir à procura para comentar, que é desta que o homem descobre onde moro!) e assim umas coisas meio estranhas pelo meio, ao meu melhor estilo, como sempre vos habituei e porque vós adoro por todo o carinho nestes (quase) 9 anos de blogosfera!

Entretanto, muitos de vós já se devem ter apercebido que já comentei alguns dos meus blogues preferidos nesta manhã, mas mais comentários virão! Também descobri uns quantos novos que fiquei apaixonada, pelos mesmos!

Love me once... (#01)


Mr. Darcy: If your feelings are still what they were last April, tell me so at once. My affections and wishes have not changed. But one word from you will silence me forever. lf, however, your feelings have changed I would have to tell you, you have bewitched me, body and soul, and I love… I love… I love you. I never wish to be parted from you from this day on.

Bom-Dia ♥


domingo, junho 16, 2013

Da [falta] de sono

Já dormi em hotéis, já dormi em tendas, já dormi no chão, com um cobertor por baixo, já dormi na casa de férias dos meus pais, já dormi em casas de férias de amigos, já dormi na praia, já dormi em cadeiras, já dormi em sofás, já dormi em futtons, já dormi em montes de sítios. Mas nunca dormi tão mal como agora. As insónias são uma constante. O dormir e acordar de 2 em 2 horas é uma constante. O dormir e adormecer por volta das 6 horas, para acordar às 7h10, também. 

sexta-feira, junho 14, 2013


Chama-lhe beleza. Ou então fascínio. Mas é, na verdade, apenas uma espécie de carinho de olhar. Como se os olhos apartassem. Como se os olhos abraçassem. Uma ternura entre os olhos. Como se beijar fosse sem lábios e abraçar fosse sem braços. Como se amar fosse sem tocar. Como se querer fosse sem querer. E é. Na realidade é. Amar é, sempre, sem querer. Quero-te na exacta medida em que não te quero. Quero-te como se quer aquilo que se quer sem querer. Pode parecer confuso. Mas não é. É amor.

quinta-feira, junho 13, 2013

A Comunicação (ou a falta dela)

Nunca percebi muito bem o que é essa coisa da falta de comunicação. Possivelmente (e para não variar) a culpada sou eu, que não percebo nada do assunto. Ando enganada no tempo, deve ser isso.
A comunicação é baseada no efeito/resposta. Basicamente, eu sei mediante do que digo, o efeito que isso terá no meu receptor. Eu sei mediante do que faço, o efeito que isso terá na pessoa a quem passo a mensagem. Pequenos actos, pequenos gestos, pequenas demonstrações de algo, é considerado comunicação. Não é comunicação verbal, é comunicação não verbal. Não preciso de andar aos gritos todos os dias que "Gosto muito bem", "És a minha melhor amiga", "Adoro-te muito!" a outra sabe que é isso que eu sinto. 
Mediante das minhas acções as pessoas podem interpretar como estou relativamente a essa pessoa. 

Contudo, esta pessoa sou eu. Que interpreto as pessoas pelas acções e não só pelas palavras. Mas normalmente, eu não sou normal.

quinta-feira, junho 06, 2013

Tanto eu...

 "É incrível como um simples telefonema teu consegue destabilizar-me por completo. Uma correlação quase perfeita entre o som da tua voz e a falência do meu sistema nervoso. O coração que dispara, as mãos que tremem descontroladamente, o cérebro que me falha. Não sei o que me passou pela cabeça quando vi o teu nome a piscar no visor. Até sei. Mas não tinha nada a ver com sapatos perdidos no tempo. Disso tenho a certeza.Terminada a chamada ali fiquei eu com o telefone agarrado às mãos e aquele sentimento de quem foi exposto, mais uma vez, ao ridículo. Sapatos, valha-me Deus. E eu a pensar que finalmente me irias convidar para tomar um café."

quarta-feira, junho 05, 2013

Cristiano Ronaldo

Não tenho palavras. A imagem fala por si. Não sei o que é pior: os óculos ou as calças azuis com aquele cinto. Nem sei como é que isto é notícia, nem sei como é possível alguém usar óculos por moda.

terça-feira, junho 04, 2013

Cristiano Ronaldo


Vou falar bem do Cristiano Ronaldo (para variar..) por isso meus adoráveis seguidores parem lá de esfregar as mãos de contentes à espera de um post fofinho a tratá-lo mal
Messi, pousa para a Dolce & Gabanna. Até aqui tudoooo normal. Não tivesse o rapaz pousado de tronco nu e não tivesse eu acabado de almoçar, que a salada ia me para cima do teclado do escritório.A sério ninguém merece ver a primeira foto. NINGUÉM! Não quero saber o que fizeram ou deixaram de fazer: ninguém merece!!!! É demasiado mau para os meus olhos. É demasiado horrível, ver que a criatura não tem nada.
É que o Cristiano Ronaldo eu a volta da cara coloco uma bandeira de Portugal e come-se por amor à pátria... agora este? Nem isso!!!

Portanto... agora vou ali lavar os olhinhos e ver imagens decentes.

E Ronaldo, amigo, arranja aí umas notícias fofinhas com imagens ainda mais bonitas, para Sissy comentar, tah?

Sonhando


"Só querer cuidar, te proteger,
Esquecer, lembrar, te amando.

Se esconder, brigar sem perceber
Depois, chorar, te amando.

Nosso sol às 3 da manhã
Pro dia deitar sonhando.

Só querer cuidar, te proteger,
Esquecer, lembrar, te amando.

Nosso sol às 3 da manhã
Pro dia passar sonhando, sonhando, sonhando..."