quinta-feira, abril 18, 2013

Textos Perdidos (#04)


A verdade é esta: estou cansada de chorar e de me sentir a sufocar. Sinceramente, acho que muitas vezes já nem forças tenho para respirar. Tiraste me o tapete, tiraste me o Sol e essa treta toda. Mentiste-me deliberadamente, fizeste-me apaixonar por ti. O "quero mas não posso" tornou-se a frase que me faz querer matar pessoas, o "menina" é a palavra que me faz morrer por dentro. Fizeste-me sonhar, mas fizeste-me deitar muitas lágrimas. Mas uma coisa nunca me tiraste: o sorriso e a vontade de viver.

Fizeste-me querer, mas fizeste-me sentir mal. Fizeste-me querer algo, que supostamente não posso ter. Por egoísmo teu? Por falsidade tua? Não sei e talvez nunca saiba.

No meu intimo, ainda tenho esperança de saber, de te ter, de te beijar, de te amar loucamente, de fazer tudo aquilo que prometemos um ao outro. No final a verdade é essa.



(08/04/2013)

Sem comentários:

Enviar um comentário

escreve... vá lá... não custa nada... ;)