sexta-feira, fevereiro 15, 2013

Parabéns

Sim, hoje se fosses viva, fazias anos. Hoje se fosses viva, logo à noite ligava-te e dizia "Parabéns minha querida madrinha", como eu estupidamente me esqueci, de o fazer na última vez que tive possibilidade de o fazer. Hoje, lembro me de ti, mais do que nos outros dias. Hoje lembro-me do teu sorriso, de quem tu eras. Hoje, questiono-me, ainda mais do que o habitual, o porquê de não me terem dado mais tempo contigo. Contudo, agradeço-te imenso, por também teres sido minha mãe, por teres me ajudado sempre que pudeste, ou por teres sido simplesmente tu. Por teres me ensinado tudo o que sabias e por ainda hoje me lembrar de ti com saudade. Mas uma boa saudade. Saudade de me rir, quando fiquei feliz por teres deixado outro país, por nunca te teres esquecido dos meus anos, por seres simplesmente que tu és. E por teres marcado outras pessoas, com esse teu coração.

3 comentários:

escreve... vá lá... não custa nada... ;)