segunda-feira, outubro 22, 2012

A Queda do Mito (ou não)

Quando ele vier assumir a público que consumiu doping, eu acredito. Até lá, ele mantém-se como sendo o vencedor da Volta à França, 7 vezes, o Homem que superou um cancro, a inspiração de centenas e de milhares de pessoas, a força para (alguns) vencedores das diversas competições. A inspiração de todos e de um mundo.
Provavelmente, mesmo depois de algum dia assumir, continuará a ser isso tudo. 

3 comentários:

  1. Dificil realmente de acreditar, mas pronto.

    ResponderEliminar
  2. Ele é um homem, não é um santo, e mesmo esses, antes, foram homens!

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)