segunda-feira, agosto 06, 2012

Das pessoas que ficam e daquelas que vão


Isto existem pessoas que nos fazem falta, muita falta. Com quem nós sabíamos que, podíamos contar. Não necessita de ser necessariamente uma pessoa com quem nós falamos todos os dias. É uma pessoa que já foi muito importante para mim. É uma pessoa que dava tudo por quem gostava. Era uma pessoa que amava incondicionalmente os meus pais, a mim e ao meu irmão. Era a minha madrinha de baptismo e a minha querida tia. A melhor pessoa que até hoje eu conheci. Uma pessoa com um coração enorme. Uma pessoa que perdeu o marido muito cedo, que criou um filho sozinha, num país estrangeiro. Uma mulher forte. A definição em tudo o que significa ser Mãe, Mulher e Amiga. A pessoa que todos os dias me lembro dela, com um sorriso na cara. A pessoa que quando eu preciso de ajuda lembro-me logo dela.

E hoje passados 3 anos e meio, ainda sinto a falta dela e só me apetece dizer mal daquele filho da puta que a levou: o cancro. 

5 comentários:

  1. :( sim esse maldito leva só quem faz falta ...

    ResponderEliminar
  2. O meu pai faleceu há 10 anos e todos os dias sinto a sua falta... Se há coisa de que tenho medo é da doença, e infelizmente o maldito 'C' anda à minha volta...

    ResponderEliminar
  3. Muita força, imagino a falta que faz... força...

    ResponderEliminar
  4. é mesmo um filho da puta esse malvado
    kis >:=(

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)