terça-feira, agosto 28, 2012

E da Bimby, que tenho eu a dizer?

Sim é verdade. Depois de muitos terem tentado, comprei uma Bimby. Comprei uma Bimby por opção. Eu é que liguei a dizer que queria que me fossem lá a casa, fazer uma demonstração e que a queria comprar. Por opção. 
Não porque é o melhor aparelho que existe. Que substitui tudo e mais alguma coisa. Não. É um utensílio de cozinha que têm vantagens. É um utensílio de cozinha que faz algumas coisas que eu teria imensa preguiça de fazer se fosse nos tachos. Mas nada, substitui os meus queridos tachos. A vontade de cozinhar, de ir provando, saboreando, juntar especiarias, tudo. Nada substitui isso.
Dá me muito jeito para fazer arroz e massas, quando é para fazer tudo a correr. Faz uns molhos fantásticos para acompanhar carnes e peixes. E as caipirinhas? E os bolos, oh.. os bolos. E as sobremesas? Não falemos disso portanto, porque só de pensar engorda.
De todas as vantagens da Bimby tirando essas todas, a melhor é mesmo o cozinhar a vapor. A comida fica super saborosa e fantástica. 
Tenho uma Bimby da mesma maneira que tenho um frigorífico, uma varinha mágica, uma máquina de lavar roupa e afins. Tenho a para me facilitar a vida. Não é aquela coisa que toda a gente fala como a verdadeira maravilha que faz tudo e mais alguma coisa.
E não, o arroz de lá, não fica melhor que o meu.

quarta-feira, agosto 22, 2012

Quem me ensina a poupar?


Li este post e não podia estar mais de acordo. Quem me derá a mim ter que ir levantar 20€ ao multibanco para ir às compras a algum hipermercado. Quando quero fazer umas comprinhas mais básicas vou a mercearia da zona e tenho que levantar dinheiro, porque não têm multibanco.
Eu gostava de saber como é que há pessoas que conseguem gastar uma percentagem mínima do ordenado no supermercado. Gostava, a sério que gostava. Não é difícil gastar muito dinheiro no supermercado. Ainda a semana passada lá fui e deixei lá mais de 100€. Não trouxe nenhuma extravagância, que possam imaginar. Trouxe legumes, fruta, peixe, detergentes e mais umas coisas para a casa. Já lá voltei para ir buscar fruta. 

Agora, se fazem favor, pessoas que fartam-se poupar trocos no supermercado e que dizem que fazem as compras todas do mês entre 100€ a 150€, como é que fazem?

Desde já a conta bancária, eu e o meu namorado ficamos todos muito agradecidos.

quinta-feira, agosto 16, 2012

About people

Eu sempre disse, que se nota a bondade das pessoas, nas atitudes que têm para com os animais. E hoje, não podia estar mais de acordo com esta afirmação.

quinta-feira, agosto 09, 2012

Coisas da Bicharada

A comida deles para nós é tão importante como a nossa. Não só pela saúde deles, como pelas vantagens que tem para nós. A melhor opção para mim, passa sempre, mas sempre, por ir falar com o veterinário. Saber o que ele aconselha. Sei que muitos, aconselham mais uma marca, do que outra, por motivos que nos sabemos
A Royal Canin (é aquela que eu uso) têm uma gama vasta e ideal, para os gatos de casa. Para além disso, a comida é adaptada para as necessidades deles - gama Royal Canin Veterinário. O preço em si, não é acessível a todas as carteiras, é a verdade. Mas para quem têm poucos gatos, o preço acaba por não ser por ai além. Eu gasto uma saca de 10 kilos por mês e tenho 7 bichanos. Façam as contas.  
Comida húmida, muitas poucas vezes entram pela aquela boquinha a baixo. Quando entra é apenas a Schesir que eles adoram e é uma prenda para eles. Para verem, numa loja de produtos veterinários custa em média 1,90€, no site em que eu costumo comprar custa 1,05€.
Da Areia, experimentei tantas, mas tantas e tantas, que poucas me agradaram como esta. Sem cheiro. Vou lá com a pá de dois em dois dias, tiro as necessidades deles. Conforme vou tirando vou pondo. No fim do saco, tiro toda a areia, limpo a caixinha e vamos com areia lavada.
Mando vir todos os meses uma encomenda da Tienda Animal, não se pagam portes acima dos EUR 50, dá para pagar por transferência bancária, visa e contra entrega. 

Agora senhores da Royal Canin, da Schesir e da Tienda Animal: podem me oferecer descontos com a publicidade que faço e podem também lá ir ver a casa se uso ou não. Estão à vontade, que a Sissy deixa. :)

segunda-feira, agosto 06, 2012

Das pessoas que ficam e daquelas que vão


Isto existem pessoas que nos fazem falta, muita falta. Com quem nós sabíamos que, podíamos contar. Não necessita de ser necessariamente uma pessoa com quem nós falamos todos os dias. É uma pessoa que já foi muito importante para mim. É uma pessoa que dava tudo por quem gostava. Era uma pessoa que amava incondicionalmente os meus pais, a mim e ao meu irmão. Era a minha madrinha de baptismo e a minha querida tia. A melhor pessoa que até hoje eu conheci. Uma pessoa com um coração enorme. Uma pessoa que perdeu o marido muito cedo, que criou um filho sozinha, num país estrangeiro. Uma mulher forte. A definição em tudo o que significa ser Mãe, Mulher e Amiga. A pessoa que todos os dias me lembro dela, com um sorriso na cara. A pessoa que quando eu preciso de ajuda lembro-me logo dela.

E hoje passados 3 anos e meio, ainda sinto a falta dela e só me apetece dizer mal daquele filho da puta que a levou: o cancro.