segunda-feira, outubro 17, 2011

Da Minha Sogra* (#03)

Comentava-se ontem com a minha sogra o facto de irmos trabalhar, supostamente, mais 30 minutos por dia. Digo eu... eu já os trabalho. Afinal, qual é o drama? Eu por vezes trabalho na minha hora de almoço e ainda cá estou para contar a história. 

Comentava-se, também a dos Indignados. Eu hoje de manhã vi aquilo com muita atenção (apesar de eu continuar a achar que a minha atenção de manhã é subjectiva) quantos deles alguma vez trabalharam? 

Dizia ela também que tínhamos que nos revoltar. Pois...  acho que o problema dela é mesmo estar desempregada à muitos anos por opção. 

Não se ponham com histórias da treta, que o Português é um tipo preguiçoso. Faz tudo em cima da hora, quando o faz. Só tem direitos, deveres esquece lá isso que isso dá muito trabalho. 

Se também acho que é uma grande merda estarmos a ser roubados descaradamente, enquanto eles andaram se a aproveitar do nosso dinheiro? Claro que acho. Mas também acho, que existe muito Português que não gosta de fazer nada, que adora ficar sentado, que se acontece alguma coisa o Estado Português é que têm a culpa e que eles o que têm que ajudar.

A realidade é que nos por vezes somos demasiados finos para determinados postos de trabalho, gostamos de entrar às 9h, ter 1 hora de almoço e sair às 17h59. Quando ligam muitas vezes a perguntar se querem ir para uma entrevista de emprego ouve-se muitas vezes "amanhã não dá, porque já tenho coisas combinadas", quando vão às entrevistas ouve-se também "esse horário não dá", ou então pessoas de 27 anos que "supostamente apenas e só se dedicaram aos estudos, porque isso sim é que é importante" e que nunca na vida fizeram nada. Temos que aprender a fazer algumas cedências, porque a realidade é esta como as coisas tão, mais vale ter algo, do que nada.

* Essa criatura estranha.

7 comentários:

  1. E sem esquecer que alguns trabalhos exigem que se trabalhe ao sábado de manhã ou durante o dia. Pois conheço pessoas que ñ aceitam devido a esse detalhe...pffff

    ResponderEliminar
  2. concordo! Olha que eu já ouvi em entrevistas que só querem o emprego se for para começar em Setembro porque em Agosto querem ir de férias!

    ResponderEliminar
  3. Há de tudo, infelizmente há malta que não tem noção, mas agora as coisas vão apertar...

    ResponderEliminar
  4. Toda a gente quer direitos mas esquecem-se dos deveres...

    ResponderEliminar
  5. Olha... não podia ter escrito melhor. Concordo com tudo, tudo mesmo.

    ResponderEliminar
  6. mais vale pouco que nada é bem verdade... como isto esta não podemos estar com manias

    ResponderEliminar
  7. Mais meia hora para mim é normal. Ainda há dias saí duas horas depois da minha hora de saída. Ah, e não recebo horas extra e não é para 'engraxar' ninguém.

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)