quarta-feira, outubro 26, 2011

De agora


Eu gosto do frio, da chuva e do Inverno. Aprecio acordar com este tempo, de me aconchegar às mantas. Do chocolate quente e dos croissants com chocolate quentinhos ao Sábado de manhã. Gosto disso tudo. Dos gatinhos aos pés, a aquecerem me os pés, com o seu pelinho mais lindo e bem estimado. Das botas fofas, dos casacos e dos cachecóis. Do cheiro a terra molhada. Do cheiro a azevinho, as compras, da novidade, das prendas.

Mas não acho assim tanta piada (ou até achava, se o dinheiro não me fizesse falta) ao facto de ter que ir às compras comprar roupa, visto que me está tudo largo.

sexta-feira, outubro 21, 2011

Cristiano Ronaldo (vocês pensam que não... mas está me sempre a dar motivos...)


Então não é que o Cristiano Ronaldo é o 3.º homem mais influente do mundo? Longe de mim desconfiar de tal estatística. 

Contudo, diversas dúvidas me surgem, não quanto ao resulto, claro.

Quem foram as criaturas que responderam a este questionário? Adolescentes com o pito aos saltos, prontinhas para saltar para qualquer pedaço de carne fresca que lhes apareça à frente? Ou andaram por esse mundo fora a correr tudo o que era discoteca gay, dando as respostas à saída?

quarta-feira, outubro 19, 2011

segunda-feira, outubro 17, 2011

A minha Sogra (#04)

A minha sogra é uma personagem, com quem numa conversa, todos os cuidados são poucos. Acho que até ai já toda a blogosfera descobriu. Não só pelas informações (ou não) que eu retiro das conversas com ela, quer pela perspectiva (ou não) que ela tem das coisas. 

Ela é aquela personagem irritante que critica tudo e todos. Ou é pelos sapatos, ou por qualquer coisa, que só depois de eu olhar com atenção (muitaaa atenção) é que me apercebo. Se me aperceber, claro!

É a mesma personagem que olha tudo numa pessoa, da cabeça aos pés e (não sei como) as outras pessoas têm sempre algum defeito. 

É a mesma criatura que dá uma interpretação diferente ao "estás te a rir para mim estás me a f****".
É a mesma pessoa, que tem que se ter muito cuidadinho quando se vai para ao pé dela, que não se pode comer de qualquer maneira e que passa o tempo todo a dizer que é pobre (e aqui nesta parte não me façam abrir a boca, porque é melhor... porque se ela é pobre, coitadinhos dos outros, que recebem o ordenado mínimo, com sorte!) 

Toda ela é uma caricatura, certamente de algo que ainda não descobri bem o que é. 

Provavelmente ela mesmo, acha toda a sua pessoa é normal. 

Depois conhece-se o resto da família dela, os irmãos e afins. Pessoas do mais simples que é possível, um encanto de pessoas, com quem se pode ter uma conversa, sem que tal nos possa ser atirado à cara passados uns meses (quem sabe anos, porque sim, isso com ela é possível!).

Da minha sogra simplesmente nada fica, todos os dias fico com a esperança de que é possível ela mudar, mas não. Todos os dias ela piora, porque aquilo melhoras não têm. 

O facto de uma vez lhe ter dito que nem tudo aquilo que ela diz, pode ou deverá ser bem aceite por outras pessoas, não implica que ela tenha aceite ou até comentado como as outras pessoas. Nada disso. Simplesmente me disse "Da mesma maneira que nós também não gostamos daquilo que tu dizes." Fiquei a olhar tipo parva e simplesmente desisti, porque alguém me disse que a gente doida diz-se sempre que sim.

É o melhor.

Da Minha Sogra* (#03)

Comentava-se ontem com a minha sogra o facto de irmos trabalhar, supostamente, mais 30 minutos por dia. Digo eu... eu já os trabalho. Afinal, qual é o drama? Eu por vezes trabalho na minha hora de almoço e ainda cá estou para contar a história. 

Comentava-se, também a dos Indignados. Eu hoje de manhã vi aquilo com muita atenção (apesar de eu continuar a achar que a minha atenção de manhã é subjectiva) quantos deles alguma vez trabalharam? 

Dizia ela também que tínhamos que nos revoltar. Pois...  acho que o problema dela é mesmo estar desempregada à muitos anos por opção. 

Não se ponham com histórias da treta, que o Português é um tipo preguiçoso. Faz tudo em cima da hora, quando o faz. Só tem direitos, deveres esquece lá isso que isso dá muito trabalho. 

Se também acho que é uma grande merda estarmos a ser roubados descaradamente, enquanto eles andaram se a aproveitar do nosso dinheiro? Claro que acho. Mas também acho, que existe muito Português que não gosta de fazer nada, que adora ficar sentado, que se acontece alguma coisa o Estado Português é que têm a culpa e que eles o que têm que ajudar.

A realidade é que nos por vezes somos demasiados finos para determinados postos de trabalho, gostamos de entrar às 9h, ter 1 hora de almoço e sair às 17h59. Quando ligam muitas vezes a perguntar se querem ir para uma entrevista de emprego ouve-se muitas vezes "amanhã não dá, porque já tenho coisas combinadas", quando vão às entrevistas ouve-se também "esse horário não dá", ou então pessoas de 27 anos que "supostamente apenas e só se dedicaram aos estudos, porque isso sim é que é importante" e que nunca na vida fizeram nada. Temos que aprender a fazer algumas cedências, porque a realidade é esta como as coisas tão, mais vale ter algo, do que nada.

* Essa criatura estranha.

sábado, outubro 15, 2011

sexta-feira, outubro 14, 2011

As pessoas..

Existem pessoas que por vezes encontramos na nossa vida, que nunca pensamos sermos tão parecidas. Ou pelo feitio, ou pela maneira de estar, ou pela maneira de ser, ou até pela forma de se vestirem. Tanta coisa poderia dizer com este post. Mas é estranho, e agradável, como é que no mesmo ano, aparecem-me duas pessoas assim, com quem eu me dou tão bem e somos tão parecidas.

Be Nice!

Porque se o formos para elas, elas também são para nós. Nem sempre, mas quase sempre.

quinta-feira, outubro 13, 2011

Do Facebook (ou não...)


Meus amores, minhas coisinhas fofas e adoráveis,

Vamos combinar uma coisa: eu prefiro que algumas pessoas (aquelas mais chegadas e fofinhas) não me digam nada no dia dos meus anos do que colocar comentários no Facebook, gigantes em caps lock a dizer "Parabéns". Só para informar que a coisa não funciona, e perderam uns breves segundos em que podiam ter aproveitado, quem sabe para sacar NCIS: Los Angeles, ou algo do género. Até uma sms fica mais bonita. Até um e-mail. É que eu prefiro que não me digam nada, porque sempre fico naquela "Será que a pessoa está bem? Se se esqueceu, de certezinha foi por algo importante!".

That's all...

Dos Feriados


Não vos vou dizer que sou totalmente favor. Acho que há feriados que não devem ser alterados, como o Natal ou o Ano Novo. Por outro lado, acho que existem outros que fazem sentido serem alterados. Vamos fazendo as contas. Quantos daqueles que passam por aqui, gozam o feriado pelo seu significado? Poucos ou nenhuns. Faria mais sentido à Segunda e à Sexta, porque pensando que não, custa me muito mais um feriado ao meio da semana, ou à Terça ou à Quarta.

segunda-feira, outubro 10, 2011

Happy Birthday, Blogolândia!

É verdade... eu já estou mais para dinossaura da blogosfera que outra coisa qualquer. Já lá vão 7 anos de posts. De loucuras e desvaneios! Hoje e porque eu vos adoro (vocês sabem que sim!) um feliz aniversário aqui para o blogue e muitosss beijinhos para os meus seguidores, comentadores adoráveis e afins. Porque a verdade é esta: sem vocês não faria sentido manter o blogue!

sábado, outubro 08, 2011

Do Virus aqui do estaminé...


Quem me puder ajudar, fico eternamente agradecida. Pago um cafezito a quem me ajudar. Palavra de Sissy.

É que nem vontade para postar, para comentar e afins, uma pessoa têm. E sim, eu já tirei tudooo o que tinha para tirar daqui.

Have a Really Great Weekend...

... com coisinhas assim doces e saborosas.

E há muito tempo (anos) que não como Nutella. Mas agora até que ia!

sexta-feira, outubro 07, 2011

Pilhas tiveram... pilhas se foram...


Isto é muito giro, muito engraçado. Mas acordar às 4h30 da manhã faz com que as pilhas se acabem rápido, muitooo rápido. A questão é que não irei para a cama assim muito cedo. Apesar de ser apreciadora do conceito, dormir é uma perca de tempo, eu só consigo funcionar se tiver 8 horas de sono por dia.

Soul


"It needs no dictionary of quotations to remind me that the eyes are the windows of the soul."

Max Beerbohm
Zuleika Dobson (1911)

quinta-feira, outubro 06, 2011

sábado, outubro 01, 2011

Boys


"A great man quotes bravely, and will not draw on his invention when his memory serves him with a word just as good."

Ralph Waldo Emerson
"Quotation and Originality" in Letters and Social Aims (1876)