quinta-feira, junho 30, 2011

Coisas que Mudam



É triste perdeu-se uma vida. Agora cada vez que carrego no acelerador lembro-me do rapaz e penso "Se calhar aqui, podia andar mais devagar..." e ando. Só espero que o exemplo (infeliz) dele possa ser aproveitado para salvar mais vidas . 

Porquê sim, andar na estrada portuguesa é quase comparado a ir para guerra.

8 comentários:

  1. Temos mesmo de ter muito cuidado, com o que fazemos e com o que fazem os outros.

    ResponderEliminar
  2. mesmo, cada vez temos que ter mais cuidado

    ResponderEliminar
  3. Só é pena que na maior parte dos dias as pessoas esqueçam esses cuidados e infelizmente qd a desgraça acontece é que toda a gente se lembra.
    bj

    ResponderEliminar
  4. Mas não deixes que isso te afecte a vida, continua a ser responsável!

    ResponderEliminar
  5. O problema é que mesmo sabendo dos acidentes que acontecem e das mortes que acontecem nas estradas, as pessoas hoje lembram-se, mas amanhã já esqueceram...

    É bom que algo mude e que as pessoas tenham consciência dos seus actos

    ResponderEliminar
  6. Eu hoje já me lembrei dele várias vezes, fiquei mesmo perturbada.

    ResponderEliminar
  7. Sim... ao menos que sirva de exemplo :( É muito triste...

    ResponderEliminar
  8. temos que ter cuidado por nós e pelos outros. azares acontecem sempre e a qualquer um, mas se pudermos fazer algo para o evitar...

    *

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)