segunda-feira, fevereiro 28, 2011

I love it

Reese Witherspoon

Natalie Portman
Mila Kunis

Penelope Cruz
Lindos... foram os meus favoritos, sem dúvida alguma!

Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça...

Matthew McConaughey & Camila Alves
Nem sei que o hei-de escrever para este casal. Ela linda... ele é o homem de How to lose a Guy in 10 days? que adorei. Lindos, os dois!

Anne Hathaway, vale por 8! Oh, se vale!

Vestido e sandália Tom Ford, tomara-que-caia Versace, terno Lanvin, modelo azul-safira Giorgio Armani Privé, corset Vivienne Westwood, modelo nude Givenchy, vintage Valentino, e o 'melindrosa' Oscar de la Renta.
Eu a falar desta menina sou muito suspeita. Sim porque eu a adoro. Acho a linda e com jeito para a coisa. E não, não fica mal falar bem de mulheres ao contrário daquilo que muitos pensam.

Mais uma vez, muito bem vestida pela Rachel Zoe.

Blogosfera que sempre me ajudou...

Procuro stickers para colocar nas paredes. Alguém têm alguma sugestão? Queria para o quarto, para a sala e para o hall de entrada. Onde é que se compra? É de fácil aplicação? E para tirar é complicado?

Coisas Fantásticas (#39)



Adoro a colecção da Area. Sou apaixonada por tudo o que existe naquela loja. Alguém tem alguma outra sugestão de loja?

domingo, fevereiro 27, 2011

Coisas que valem a pena e que eu sei que vocês querem!


Aqui o blogue é um blogue sério. Até muito importante como todas/os vocês sabem. Sendo assim, vamos lá lançar o concurso do do mês da Primavera. Enviem por mail uma frase que inclua as palavras pijamas, Sissy e vitória. Enviem a frase para o mail do blogue até ao dia 15 de Março. Dia 16 de Março é nomeado vencedor.

Devem enviar com Nome do Blogue e frase. No assunto coloquem "Passatempo do Blogue - Spring" para apagar os outros mais rápidos. Vou vós enviar um mail com o vosso número do concurso e a confirmar a aprovação frase.

O prémio perguntam vocês. Esse vale a pena minhas amigas/os, vale a pena. E se vale... para a Primavera e para o Verão.

E esta noite temos Óscares,




Não vi os últimos dois, mas dizem que é assim algo para o fantástico. Os outros que poderei dizer? Amei Black Swan do príncipio ao fim. Adorei o The King's Speech. Amanhã falaremos das coisas fúteis assim como vestidos.

Black and White



Black and White

Lindo, lindo e mais lindo.

quinta-feira, fevereiro 24, 2011

segunda-feira, fevereiro 21, 2011

Resumidamente,


Podia ter sido pior. Bem pior. Não foi extraordinário. Mas para quem não praticava a sério a cerca de um ano, não me posso queixar. Não tive lá nenhum tempo recorde, nada assim por aí alem. Mas amanhã existe mais, muito mais. Entretanto, o cansaço ai que não digo nada. Um pouco partida. Só peço que hoje à noite as cãibras não se lembrem de mim (e eu que sei o quanto elas me adoram)

De informar, que amei o Ginásio. Os treinadores são fantásticos e ajudam imenso, o que não acontecia no outro onde eu andava. 

Entretanto, agora vou ver o jogo do meu Sporting que me já começou a dar desgostos. 

Fui...


Até ali ao Ginásio. Se até amanhã não tiverem notícias minhas já sabem... algo não correu bem. Porque uma coisa é andar a brincar à volta de casa. Outra é ir dar no duro. Fui...

Tenho dito...


from here

Parece que surgem. Assim de repende a playlist do computador toca aquela música que nós faz lembrar aquilo. Outras vezes é o iPod. E a rádio quando vamos no carro? Dessa nem falo...

FC










Passei por lá na Sexta-Feira de manhã. Amei tudo. E mais alguma coisa. Adorei as sandálias (todas elas podem vir para a minha sapateira). As malas (destas nem falo, que é melhor). Os pormenores (vocês nem imaginam). Os vestidos (ai... que está frio...). A decoração a lembrar a Primavera (que coisa mais linda...).

Para os mais desatentos e Lisboetas a FC têm um outlet em Lisboa.

Boas compras!

domingo, fevereiro 20, 2011



Amo. Adoro.

it's true... a perfect true

...mas é que nem imaginas o quanto.

Aqui o blogue...

... encontra-se temporariamente em obras.

Não estranhem se ao longo dos próximos dois dias virem assim umas coisas estranhas. Quando for o definitivo eu aviso. Também não sei se vai ficar este, ou outro. Não sei. Logo se vê. Podem ir dizendo o que acham. Não faz mal e até é engraçado.

Coisas Fantásticas [#38]

Adorei o The King's Speech. Fantástico, lindo, emocionante. Pena, é que estava tão cansada que adormeci cinco minutos mas logo acordei. Para quem gosta de filmes com histórias verídicas é mesmo a não perder.

sábado, fevereiro 19, 2011

Vá, contem me tudo... e com alegria!


Desta midseason alguma coisa de jeito? Tirando o habitual, o que é que andam a ver?

Have A Great Weekend...


...lendo muito, imenso!

Porque ao virar da página está uma nova história, um guerreiro novo, uma história de amor, uma vitória, uma paixão, uma emoção, um conquistador. Pode estar tudo e mais alguma coisa. Aquilo que quiserem. Aquilo com que sonhamos.

sexta-feira, fevereiro 18, 2011

Não sei o que hei-de fazer...


Sempre achei piada ao Sims. Não sei se hei-de comprar o Sims 3 para colocar os bonecos a fazer triqui-triqui.

E ele regressa...


Novidades para mim sobre ele? Ninguém sabe nada? A Irina ainda está no sítio? Bares gays, alguma coisa?

Raios que preciso de algo.

Isto é daquelas coisas que só a mim...


Sábado passado, na casa dos meus sogros, o meu carro pegou fogo. Estou bem, antes que perguntem. Obviamente, que quando vejo aquilo, começo-me a rir e a ficar passada ao mesmo tempo. Não sou normal, tenho dito. Que se passou, perguntam vocês. Muito fácil, o carro ficou mal arranjado da outra vez. Os tubos não ficaram no sítio certo. Bela m****. É o que tenho a dizer!

Passo a explicar. Obviamente que era eu que me encontrava a conduzir o veículo. De modo a estacionar, puxo o carro a frente e coloco a marcha a tras. Conforme viro o volante para efectuar a manobra apercebi me de que começa a sair fumo do campot do carro dos lados laterais e pessoas a fugir. O meu sogro, que estava na janela, a ver nos chegar, apercebeu-se que havia labaredas debaixo do carro e vem disparado de caso para nos ajudar. Entretanto, nesta fracção de segundos, abro o campot e reparo qur entre o motor do lado de baixo e a caixa da direcção existe fogo. O meu sogro foi a correr buscar um extintor para apagar o fogo.

Não estão a ver a emoção.

Escusado será dizer que o atraso de vida não se responsabilizou e como os cabos estavam mal postos o seguro não se responsabiliza. Bela m**** é o que tenho dito!


quinta-feira, fevereiro 17, 2011

E depois de muitooo tempo...


Pensei em acabar com o blogue. De vez. Deixar simplesmente de escrever. Falei com pessoas que me dão prazer falar aqui nesta blogosfera. Deixei de vir aqui com a persistência habitual. Apenas aparecia. Lia os vossos blogues e não comentava. Depois vendo bem isto tudo, não. Não vale a pena deixar de escrever. Eu gosto de escrever no blogue. Gosto de vos dar a conhecer um pouco mais de mim. Tenho prazer nisso. Leio os vossos comentários com prazer. Leio os vossos post ainda com mais prazer. Adoro isso. Adoro isso e não quero perder. 

Agora, depois deste período de reflexão, pergunto, o que é que vocês gostam de ler aqui? O que é vos faz vir aqui? Gostam do Layout? Como é que gostariam de ver o Layout?


Entre hoje e amanhã respondo a todoooss os vossos comentários. Palavra de Sissy.

segunda-feira, fevereiro 14, 2011

domingo, fevereiro 13, 2011

O Fim da Inocência


"Hoje em dia os pais têm pouca ideia daquilo que realmente se passa com o filhos. Julgam que as suas adolescências são iguais às que tiveram e deixam-nos à solta. Acontece que a realidade actual é muitíssimo diferente daquilo que oiço dizer que era nos anos setenta, oitenta e noventa. É uma realidade em que o sexo e as drogas fazem parte do dia-a-dia"

É assim que começa este livro, uma nota escrita pela Inês e que funciona quase como que um aviso para o que nos espera nas páginas seguintes. Diz o autor que o livro é baseado em histórias reais contadas pela Inês, confesso que tenho sérias dúvidas, não é que todas estas coisas não possam acontecer com os nossos filhos, os filhos da vizinha, os de um colega de trabalho, alguém que conhecemos, eu tenho é sérias dúvidas que todas estas coisas possam acontecer com uma só pessoa.

No livro podemos encontrar todos os males da nossa sociedade, da simples utilização do telemóvel para partilha de coisas pouco inocentes, até à utilização do Facebook para fins mais ou menos morais. Pelo meio passamos por tudo, absolutamente tudo, os perigos das salas de chat e do messenger, a droga na noite, a droga nos festivais de verão, etc, etc, etc.

A vida da Inês é quase um clichê da sociedade actual, filha da classe média alta, com pais separados, estuda num dos melhores colégios onde todos os seus colegas são copias quase idênticas dela. Crianças mimadas e com acesso a tudo ou quase tudo o que desejam. Sem muitas preocupações monetárias e até escolares, vivem de acordo com o que está na moda, sendo que a moda pode passar por exemplo por ir à internet ver fotografias e vídeos pornográficos. Com pais distantes ou que simplesmente não querem ver, vivem as suas próprias vidas desde muito cedo, não fazem escolhas, simplesmente deixam-se levar pela vida ao sabor do que está na moda, e não importa se é licito ou ilícito, caro ou barato, simples ou complicado.. mais que viver, o que importa é mostrar que se viveu.

O livro é um relato fiel de muitas coisas, coisas que no fim explicam a forma como nós como pais estamos a deixar que os nossos filhos se destruam. Tudo o que possam imaginar.. também muitas coisas que nunca imaginamos, está ali relatado, de uma forma dura e crua e em primeira pessoa

Independentemente de que toda a historia tenha saído da imaginação da Inês, da do Francisco Salgueiro, ou seja mesmo real, a verdade é que tudo o que está ali relatado existe mesmo, e a maioria de nós terá ouvido falar de tudo ou de quase tudo. É precisamente isso que me deixa na dúvida.. dificilmente alguém conseguiria passar por tantas coisas na vida .. e muito menos se no fim do livro a protagonista nem 18 anos fez.

Tirando o detalhe das cenas realmente chocantes, é um livro muito bem escrito, um livro que nos deveria deixar a pensar sobre a forma como estamos a educar os nossos filhos, sobre as muitas coisas que lhes damos todos os dias e sobretudo as que não lhes damos, atenção, formação e informação sobre o mundo real que existe lá fora.

"Se estiver a ler estas linhas e disser: Com o meu filho isso não acontece, porque é bom aluno e não o educo para se meter nessas coisas, talvez não seja má ideia ler o livro até ao fim. Eu também era boa aluna e os meus pais não me educaram para me meter nessas coisas.

Sinopse:

Aos olhos do mundo, Inês é a menina perfeita. Frequenta um dos melhores colégios nos arredores de Lisboa e relaciona-se com filhos de embaixadores e presidentes de grandes empresas. Por detrás das aparências, a realidade é outra, e bem distinta. Inês e os seus amigos são consumidores regulares de drogas, participam em arriscados jogos sexuais e utilizam desregradamente a internet, transformando as suas vidas numa espiral marcada pelo descontrolo físico e emocional. Francisco Salgueiro dá voz à história real e chocante de uma adolescente portuguesa, contada na primeira pessoa. Um aviso para os pais estarem mais atentos ao que se passa nas suas casas

Transcrito daqui.

Já conheço o autor do livro à uns anos. Gosto do que escreve. É de leitura simples e acessível. É diferente. Pelo menos daquilo que eu estou habituada. Demonstra uma realidade que muitas vezes é escondida.

quinta-feira, fevereiro 10, 2011

É que é mesmo...


Encontrei de novo o crominho. A sério que não é normal. Olhou para mim e desviou o olhar. Pensava que eu ia trabalhar e ainda pagar para trabalhar, mas lamento, enganou-se!

quarta-feira, fevereiro 09, 2011

Porquê é que...


Eu hoje fui à bomba de gasolina e senti que tinha sido assaltada e deixei? É que já nem digo nada... que não vale a pena.