sexta-feira, dezembro 30, 2011

Dos últimos dias do ano



"Gosto dos últimos dias do ano. Gosto mesmo. Gosto de dedicar alguns dos meus pensamentos, rabiscos e silêncio a estes dias. De pensar em tudo o que fiz nos 365 recomeços que tive pela frente. De como enfrentei os dias difíceis, de como valorizei tudo o que recebi, de como me levantei após cada queda, de como celebrei cada pequena conquista, de como apreciei estar a viver esta vida.Tropecei algumas vezes, caí tantas outras, numas tive ajuda para me levantar, noutras quis fazê-lo sozinha. Não tenho a ilusão de ser feliz todos os dias, a todas as horas, permanentemente. Mas tenho a vontade, o desejo e a força de querer tornar os meus dias sempre mais solarengos, sempre mais luminosos, sempre mais bonitos. Nem sempre consigo, mas tento.Está a chegar um novo ano, um novo recomeço, e eu tenho na agenda uma pequena lista de resoluções que quero trazer sempre junto de mim. Numa agenda novinha em folha, onde cada dia é um pequeno (grande) recomeço."

às nove no meu blogue
O dia depois de amanhâ
A imagem foi retirada do mesmo blogue.

Saldos, Saldos, Saldos



Não entrem na Zara. Conselho de Sissy. Vão por mim. Não pela roupa, linda que só ela, para mim uma das melhores colecções da Zara, mas pela confusão que se encontra lá dentro. É que mal uma pessoa se pode mexer. Não dá. E sim, já lá gastei uns belos de uns trocos. E sim, apesar de vos estar a dizer para não ir lá, ainda vou lá eu! Por isso não levem tudo!

Como saber que está realmente frio?

Ligo o carro, ligo o pará-brisas, e não me sai nada do vidro da frente do meu carro. Levanto o traseiro e vou ver, pois sim, era gelo no meu vidro do carro. 

Just That.

quarta-feira, dezembro 28, 2011

Afinal a desculpa não pegou...




E não é que o meu namorado aparece-me com umas luvas em casa? "Como te queixavas por causa das unhas e das frieiras, comprei-te uma luvas...".

Não sabia se havia de rir ou de chorar. Ainda agora não sei.

terça-feira, dezembro 27, 2011

Do Frio...



O frio é psicológico. O calor já não. Quanto mais pensamos que temos frio, mais frio temos. No dia em que eu chegar aqui e disser, está frio, é sinal que estamos a ficar congelados.

segunda-feira, dezembro 26, 2011

Happy Christmas!



Eu sei que venho atrasada, mas espero que tenham tido todos um óptimo Natal, na companhia de quem amam. O meu foi bom, estive com mais gostei e com quem mais me ajuda, quando preciso.

quinta-feira, dezembro 22, 2011

Ou não, que não ias...


A esta hora já suspiro pelo Mocca Praliné (edição de Natal) ou pelo meu habitual: chocolate quente de avelãs, com leite magro, com dois shots de café.

Dos Homens lá de casa...

O meu namorado e o meu irmão vão hoje ao supermercado, abastacer a dispensa. Isto vai ser lindo! Vão levar uma lista feita em word, para não se queixarem da letra. Como eu gostava de ser mosca nestas alturas.

quarta-feira, dezembro 21, 2011

Blogosfera ajudai-me...

Alguém conhece essa marca? Vendem pulseiras, colares e brincos, lindossss! No entanto, só as encontro numa campanha que acaba amanhã do Clube Fashion. É impossível, aquilo não ter algum ponto físico ou loja online. Digo eu.

Do Polar Post Crossing...


Querida amiga,

Podes ficar descansada, seguiu ontem via correio azul. Sim, porque quero que a menina receba a tempo e a horas. Tão bonita que a Sissy é. Também seguiu postal para a Pólo Norte.

That's all my dear.

Dos Animais de Estimação

Sendo eu uma pessoa que ama muito os seus bichanos, porque sim, eles já têm prendas de Natal, e sim os donos ainda não compraram nada para eles, têm aqui este site de comida para eles (gatos, cães e por aí fora). Podem pagar por transferência bancária, cartão de crédito (ou MBNet) ou contra-entrega. A partir de 50€ não pagam os portes. No caso de pagarem por cartão de crédito demora 48 horas, suponho que para contra-entrega seja o mesmo. Por transferência bancária façam conta com 4 dias. 

Em algumas coisas, falamos em diferenças de 30€, muito mais barato, com a mesma qualidade, as mesmas marcas, prazos de validade longos e com tudo o que eles merecem. 

terça-feira, dezembro 20, 2011

Desculpas de Mulher

Ontem dei como desculpa que não podia lavar a loiça porque tinha as unhas arranjadas. Ia lá eu Sissy Maria, lavar a loiça depois do dinheiro que gastei. Só me disse "ah, ok não te preocupes que eu lavo". Será que se eu disser a mesma coisa para as limpezas, a coisa pega?

Desconfio que tal seja possível... mas não custa tentar.


segunda-feira, dezembro 19, 2011

Nunca mais



Se fosse hoje, não me tinha mudado para onde me mudei. Extremamente arrependida. Enquanto eu, onde morava, fazia quase tudo a pé. Agora não. A única vantagem desta casa é que vou almoçar a casa.

quarta-feira, dezembro 14, 2011

Vinde aqui ajudar...

Então agora vocês vão aqui, comprar as vossas prendas de Natal e fazer gosto. Sejam boas pessoas. Se não eu começo a fazer birra e deixo de postar. Ainda tem poucas coisas, mas muito bonitas. Vai crescendo, conforme a nossa vontade.

domingo, dezembro 11, 2011

Sim, eu sei, não é normal..


Estou farta e fartinha e afins de estar de férias. Amanhã começamos a trabalhar. Deitemos os foguetes, os confettis e afins. 

That's all.

Sim, eu sei, que temos um problema. Mas antes esse que outros.

Have a Really Great Weekend..

... com coisas lindas, simpáticas e divertidas!

E saborosas, porque de vez enquanto também merecemos!

quarta-feira, dezembro 07, 2011

Das Mudanças (#01)



Sim, é possível, mudar uma casa toda em 15 horas.  No outro dia a seguir, mal te aguentas em pé, mas é possível.

Das Saudades da Blogosfera


É verdade, sim. Já mudei de casa. Por enquanto, ainda se observam umas quantas caixas (principalmente de sapatos) espalhados pela casa. Ainda nem montei o meu pc, mantenho-me por isso no portátil do meu irmão. Saudades imensas de partilhar aqui no meu blogue e de comentar os vossos. Contudo, encontro-me de férias até ao final desta semana, julgo que para semana já se encontre tudo organizadinho e afins.

Por isso, meus pequenos, aguardem-me, que regressarei.

quinta-feira, dezembro 01, 2011


The beauty of friendship so deep and nurturing, with infinite laughter is that it comes with no price and shall always be carried in your heart.
Jenny Acasio
in Strain for Eric Grossmann

terça-feira, novembro 22, 2011

Elas ainda existem...

Vocês pensam que não, mas elas (ainda) existem. Pessoas que acreditam em contas de fadas, que ainda procuram um emprego, que se aconchegam ao subsídio de desemprego e quanto menos fazem, menos querem fazer. Que não se esforçam e que simplesmente, não querem. Que querem receber muito e fazer pouco ou nada.

quinta-feira, novembro 17, 2011

quarta-feira, novembro 16, 2011

E depois existem aqueles que não tratam bem nem os animais, nem as pessoas...


Alguém me pode dizer, sff, se existe aí algum clube de filhos renegados? Qualquer coisa assim do género...

Como sempre e para não variar, quem nos ajuda, não nos é nada...

*Sim, porque há pessoas que não deviam ter filhos. E ainda não percebi porque é que os têm...

Dos Animais de Estimação


Quem faz mal aos animais, não merece, nem deve ter qualquer tipo de respeito. Atropelar um animal e deixa-lo no meio do nada, é como tratar mal um ser humano.

terça-feira, novembro 15, 2011

quinta-feira, novembro 10, 2011

Do Inverno


Eu não sou mulher de frio, como já disse. No entanto, sou menina para usar essas fofuras da foto. As cinzentas são lindas e perfeitas. Agora pergunto eu, onde se compra essas coisinhas mais lindas de andar por casa?

Notas Pessoais


Eu sou tudo menos friorenta. Não me vêm facilmente com camisolas de lã e afins. Dificilmente me apanharam a tremer de frio. Não sou mulher de frio. Mas agora quando tenho sono, cuidado comigo. Fico com fome e com frio.

quarta-feira, novembro 09, 2011

Prendas de Natal


Parece que em média os Portugueses vão gastar cerca de 500€ em compras. Pois... não. Devem andar a brincar é que só pode. Mas quem é que tem dinheiro para gastar em prendas desses valores? E no caso de o terem, não faria mais sentido poupa-lo? Os meus queridos paizinhos nunca me compraram muitas prendas. Aliás, as prendas que compravam era aquilo que precisavamos. Ou no meu caso, livros (minha grande paixão da adolescência... e de agora!). Por isso meus amores, este ano a prenda vai ser home made. Se quiserem, se não quiserem não se preocupem. Já está tudo planeado. De qualquer das maneiras, posso vos garantir uma coisa, aquilo que for e para quem for será feito com muito amor e carinho. 

Mas afinal não é assim que todos queremos?

Encomendas Online

Já à algum tempo que faço encomendas da ELF UK. Adoro os produtos, a qualidade e acima de tudo os preços baixos. São muito bons. Consegui renovar tudo por um valor bastante em conta. E os vernizes... sem palavras. Óptimos! Ontem fiz uma encomenda ao 12h, às 15h enviaram mail a informar que já tinha sido expedido. Fiquei parva. Eu sei que eles são rápidos, mas não estava à espera de ser tãoooo rápido.

terça-feira, novembro 08, 2011

Estupidez

 Sissy como boa pessoa que é, vai tentar explicar uma coisa, devagarinho para ver se entendem:

Fazer obras, na A8 em dia de greve no sítio em que de manhã há mais trânsito, não é boa ideia.

That's all.

segunda-feira, novembro 07, 2011

Procura de Casa

Como anda a procura de casa? Pois, não anda. Não concordamos com a casa. Estabelecemos um valor inicialmente. Não o estamos a conseguir cumprir, para as condições que pretendemos e para a zona que pretendemos. Pensamos em ir para a Venda do Pinheiro mas a realidade é que a distância, a gasolina e o tempo, não compensava o valor da casa, ficava nos ainda mais cara.
Encontrei uma linda e perfeita, mas ele diz que não gosta, ainda não percebi bem o porquê. É um valor relativamente superior (que se pode cortar na Sport Tv e chega!). Numa zona fantástica e que eu adoro. 

Falta de Jeito...


Tenho uma verdadeira falta de jeito, para pedir aquilo que é meu. Ando ali a engonhar até à ultima. Com desculpas, como se tivesse a pedir algo a que eu não tivesse direito. Salve-se a Palavrinha que até me dá uma ideias bastante jeitosas onde eu não me sinto tão mal.

Sissy, levas tau tau...

A pois que levas e com razão, claro está. Sissy, essa desmiolada da blogosfera que só vêm cá quando calha, mas que vê sempre os vossos blogues, mas que não comenta. Hoje regressamos, com paciência e devagar. Quase como a lesma. 

Porque sim é verdade... a minha vida sem o blogue podia ser a mesma coisa, mas não é!


terça-feira, novembro 01, 2011

Friendship


"Your friends will know you better in the first minute you meet than your acquaintances will know you in a thousand years."

Richard Bach 
Illusions,  The Adventures of a Reluctant Messiah

quarta-feira, outubro 26, 2011

De agora


Eu gosto do frio, da chuva e do Inverno. Aprecio acordar com este tempo, de me aconchegar às mantas. Do chocolate quente e dos croissants com chocolate quentinhos ao Sábado de manhã. Gosto disso tudo. Dos gatinhos aos pés, a aquecerem me os pés, com o seu pelinho mais lindo e bem estimado. Das botas fofas, dos casacos e dos cachecóis. Do cheiro a terra molhada. Do cheiro a azevinho, as compras, da novidade, das prendas.

Mas não acho assim tanta piada (ou até achava, se o dinheiro não me fizesse falta) ao facto de ter que ir às compras comprar roupa, visto que me está tudo largo.

sexta-feira, outubro 21, 2011

Cristiano Ronaldo (vocês pensam que não... mas está me sempre a dar motivos...)


Então não é que o Cristiano Ronaldo é o 3.º homem mais influente do mundo? Longe de mim desconfiar de tal estatística. 

Contudo, diversas dúvidas me surgem, não quanto ao resulto, claro.

Quem foram as criaturas que responderam a este questionário? Adolescentes com o pito aos saltos, prontinhas para saltar para qualquer pedaço de carne fresca que lhes apareça à frente? Ou andaram por esse mundo fora a correr tudo o que era discoteca gay, dando as respostas à saída?

quarta-feira, outubro 19, 2011

segunda-feira, outubro 17, 2011

A minha Sogra (#04)

A minha sogra é uma personagem, com quem numa conversa, todos os cuidados são poucos. Acho que até ai já toda a blogosfera descobriu. Não só pelas informações (ou não) que eu retiro das conversas com ela, quer pela perspectiva (ou não) que ela tem das coisas. 

Ela é aquela personagem irritante que critica tudo e todos. Ou é pelos sapatos, ou por qualquer coisa, que só depois de eu olhar com atenção (muitaaa atenção) é que me apercebo. Se me aperceber, claro!

É a mesma personagem que olha tudo numa pessoa, da cabeça aos pés e (não sei como) as outras pessoas têm sempre algum defeito. 

É a mesma criatura que dá uma interpretação diferente ao "estás te a rir para mim estás me a f****".
É a mesma pessoa, que tem que se ter muito cuidadinho quando se vai para ao pé dela, que não se pode comer de qualquer maneira e que passa o tempo todo a dizer que é pobre (e aqui nesta parte não me façam abrir a boca, porque é melhor... porque se ela é pobre, coitadinhos dos outros, que recebem o ordenado mínimo, com sorte!) 

Toda ela é uma caricatura, certamente de algo que ainda não descobri bem o que é. 

Provavelmente ela mesmo, acha toda a sua pessoa é normal. 

Depois conhece-se o resto da família dela, os irmãos e afins. Pessoas do mais simples que é possível, um encanto de pessoas, com quem se pode ter uma conversa, sem que tal nos possa ser atirado à cara passados uns meses (quem sabe anos, porque sim, isso com ela é possível!).

Da minha sogra simplesmente nada fica, todos os dias fico com a esperança de que é possível ela mudar, mas não. Todos os dias ela piora, porque aquilo melhoras não têm. 

O facto de uma vez lhe ter dito que nem tudo aquilo que ela diz, pode ou deverá ser bem aceite por outras pessoas, não implica que ela tenha aceite ou até comentado como as outras pessoas. Nada disso. Simplesmente me disse "Da mesma maneira que nós também não gostamos daquilo que tu dizes." Fiquei a olhar tipo parva e simplesmente desisti, porque alguém me disse que a gente doida diz-se sempre que sim.

É o melhor.

Da Minha Sogra* (#03)

Comentava-se ontem com a minha sogra o facto de irmos trabalhar, supostamente, mais 30 minutos por dia. Digo eu... eu já os trabalho. Afinal, qual é o drama? Eu por vezes trabalho na minha hora de almoço e ainda cá estou para contar a história. 

Comentava-se, também a dos Indignados. Eu hoje de manhã vi aquilo com muita atenção (apesar de eu continuar a achar que a minha atenção de manhã é subjectiva) quantos deles alguma vez trabalharam? 

Dizia ela também que tínhamos que nos revoltar. Pois...  acho que o problema dela é mesmo estar desempregada à muitos anos por opção. 

Não se ponham com histórias da treta, que o Português é um tipo preguiçoso. Faz tudo em cima da hora, quando o faz. Só tem direitos, deveres esquece lá isso que isso dá muito trabalho. 

Se também acho que é uma grande merda estarmos a ser roubados descaradamente, enquanto eles andaram se a aproveitar do nosso dinheiro? Claro que acho. Mas também acho, que existe muito Português que não gosta de fazer nada, que adora ficar sentado, que se acontece alguma coisa o Estado Português é que têm a culpa e que eles o que têm que ajudar.

A realidade é que nos por vezes somos demasiados finos para determinados postos de trabalho, gostamos de entrar às 9h, ter 1 hora de almoço e sair às 17h59. Quando ligam muitas vezes a perguntar se querem ir para uma entrevista de emprego ouve-se muitas vezes "amanhã não dá, porque já tenho coisas combinadas", quando vão às entrevistas ouve-se também "esse horário não dá", ou então pessoas de 27 anos que "supostamente apenas e só se dedicaram aos estudos, porque isso sim é que é importante" e que nunca na vida fizeram nada. Temos que aprender a fazer algumas cedências, porque a realidade é esta como as coisas tão, mais vale ter algo, do que nada.

* Essa criatura estranha.

sábado, outubro 15, 2011