segunda-feira, outubro 18, 2010

Meus amigos...


Custa-me seriamente a acreditar que em pelo Século XXI ainda existem pessoas capazes de denegrir as pessoas por base na cor de pelo, do credo, do Pais ou qualquer outra coisa que seja. A sério que me custa. Estas histórias fazem lembrar quando eu tinha 6 anos e andava na pré-primária. 
Infelizmente, a nossa sociedade vive de estereótipos. Que seja. O problema é que nem sempre a educação faz prova às pessoas que os estereótipos não passam daquilo que realmente são: ideias previamente concebidas sem conhecimento de causa.

Lembro-me de uma história antiga, bem da memória de muitos Portugueses, das mães de Bragança. Brasileiras que roubavam os maridos das outras pessoas. Quer dizer, na linguagem de muita boa gente Putas. Quer dizer, todas as mulheres brasileiras que vêm para Portugal são putas e vêm roubar os maridos das outras? Claro... que não! Como o meu pai sempre me disse... homem que sai de casa e vai procurar noutro sítio é porque não têm em casa. 

O cigano que armado em estúpido me deu um murro. Quer dizer ele deu-me logo são todos malucos? Logo todos vivem do rendimento mínimo e roubam? Não... Tenho um conhecido pessoal, cigano, fantástico. Uma pessoa 5 estrelas.

Os pretos (nome fantástico para descrever uma raça) são todos porcos, vivem todos na sujeira e roubam aquilo que é direito dos brancos. Yah... é que é isso mesmo. Agora o dinheiro vai apenas para a conta bancária dos brancos. E se o tempinho que passam à frente de alguém a insultar fossem trabalhar para ganhar o dinheiro e comprarem aquilo que querem. 

Os denominados "Jeovás" que na realidade deveram ser chamados de Testemunhas de Jeová. Aqueles malucos que andam porta em porta a roubar dinheiro. Seus malucooooossssss...... bem me parecia que era isso. A maior parte da sociedade é cristã ou até mesmo sem religião. Mas cada um têm direito ao seu credo. Aquilo em que acredita. E ninguém têm nada a ver com isso. 

A conclusão a que eu chego, e que eu gostava que todas as pessoas chegassem, é que independente de credo, cor, País ou qualquer outra coisa, existem pessoas más e incoerentes. É a ordem natural das coisas.

Ainda acredito, que muitas pessoas irão conseguir ser tolerantes e os estereótipos acabarem. Ainda acredito...

Peço desculpa se ofendi alguém, com alguns termos que possam ser usados. Espero que entendam o ponto de vista do post.

5 comentários:

  1. Infelizmente, há muitas pessoas que pensam assim... Fico muitas vezes chocada com os comentários e opiniões de pessoas que eu considerava inteligentes relativamente a este tipo de questões. :/
    Mas não podemos mudar as pessoas, só o nosso comportamento e não fazer o mesmo. :)

    ResponderEliminar
  2. e sem falar nos transexuais , homossexuais lés bicas e afins esse stb sao os impuros
    kis :(
    infelizmente por muitas voltas que o mundo dê a mentalidade continua apegada a estereótipos
    kis :(

    ResponderEliminar
  3. Eu acho que se a justiça funcionasse bem existiriam menos problemas relacionados com o racismo/xenofobia, etc! Porque as pessoas sentiam-se protegidas perante o próximo, assim é um salvenosnossasenhora da próxima pessoa que não for "parecida" comigo! :S

    ResponderEliminar
  4. Sissy sei bem do que falas e concordo plenamente com o que dizes, e acredita que neste "primeiro mundo" como eles dizem o racismo e a xenofobia esta bem presente, as vezes fico triste em saber que estamos no sec XXI e que ja se fez tantos progressos e a certas mentalidades nao evoluiram... para mim so existe dois tipo de pessoas as "boas e as mas" agora a cor da pele nao me diz nada, ou raca e' me indifrente
    bjinhos

    ResponderEliminar
  5. Gostei do que li, e a mim não me ofendeste, aliás, até me deixaste com um sorriso de orelha a orelha.

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)