sexta-feira, agosto 27, 2010

Os títulos...

São uma coisa engraçada. Marido e Mulher. Afilhado e Afilhada. E afins. Para mim, não preciso de oficializar um título. A minha afilhada porque a mãe e ela me pediu. Ela não é Católica, é testemunha de Jeóva. No entanto, fiquei com o título de madrinha dela. Uma coisa de que muito me orgulho. Sempre que puder, estarei com ela. Nos bons e nos maus momentos. Marido e Mulher já vivemos juntos à 3 anos. Não preciso de um casamento, para dizer aquilo que sou para ele e aquilo que ele para mim. Sabemos até que ponto podemos ir. Somos felizes. Simplesmente.

Por isso, é que os títulos oficializados me metem raiva. Sou feliz apenas como sou.

4 comentários:

  1. Sem dúvida que os títulos não nos fazem mais felizes... Somos sim felizes por aquilo que somos e temos não por ostentarmos um título! ***

    ResponderEliminar
  2. Concordo contigo em relação aos títulos. O compromisso não está num papel. Porém muita gente vê esse papel como a prova de amor.

    ResponderEliminar
  3. São felizes não são?! É o mais importante! ;)

    ResponderEliminar
  4. Eu ainda estava na barriga da minha mãe e os meus pais já me tinham escolhido um padrinho.
    No entanto, nunca cheguei a ser baptizada, nem nunca esteve nos planos deles.
    É padrinho sem baptismo. LOL
    Beijocas

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)