sábado, julho 31, 2010

Have a Great Weekend

... com gente gira à vossa volta.

Que eu vou para a praia enquanto o meu namorado vai trabalhar (sou muito má?!?!?) e depois jantar com os amigos.

sexta-feira, julho 30, 2010

É bom saber...


... que ainda existem pessoas que todos os dias nos surpreendem pela positiva.

É bom saber que tenho os amigos certos e os pais correctos (nem que seja às vezes). É bom saber com quem podemos contar. É bom ter o namorado certo. É bom chorar e ter um ombro amigo.

É bom ter isso tudo. E eu tenho.

Nota: Esses contam-se praticamente dos dedos de uma só mau. São muito pouquinhos.... mas são tão bons!

Por vezes...

...parece que as nossas vidas são mesmo assim.

No entanto, acredito que é possível vencermos os obstáculos que nos colocam, se tivermos sempre um espírito positivo. Nem sempre é possível. Mas temos que acreditar que o é.

quinta-feira, julho 29, 2010

I Wish...

Vou só ali ao Pólo Norte...


Está tanto calor que mal consigo dormir uma noite descansada.

É um abuso, chego a casa está calor. Saio está ainda mais calor. Vou ao café está calor. Vou comer um gelado derrete-se. Vou sair à noite, calor, demasiado calor.

Por isso é que prefiro o frio... boa? Dorme bem. Acordo cedo. Bebo café. Como gelados. Vou ao cinema. Vou passear.

Isto é demasiado calor... se ainda houvesse um meio termo.

quarta-feira, julho 28, 2010

Fotos (#2)









Antes que perguntem, sim é verdade, tive com uma cobra às costas. ADOREI!

Só não adorei muito a merda dos túneis, porque me ia afogando. Virei-me no meio do túnel, ia saindo do túnel. A minha sorte é que é o meu namorado já sabe o que a casa gasta e ficou à minha espera.

Adorei tudo e tudo e tudi.

Às 10 horas da manhã já lá estava, sai às 7 horas. Escusado será dizer, que mal dormi com a sensação de afogamento, que aqui entre nós, não é a melhor do mundo. No outro dia mal me mexia, e vi para Lisboa na hora de maior calor. Só para verem como eu estava "oh amor, põe aí a marcha-atrás que eu não consigo".

Mas sim, volto para lá para o ano, porque me ofereceram os bilhetes.

Gostava de ter ido a Vilamoura mas o tempo não deu para tudo. Fica para outra oportunidade.

terça-feira, julho 27, 2010

Vou só ali gritar à janela...


...já volto.

Passei para aí uns 10 kilos de roupa. Estou que nem posso.

Pelo menos já tenho tudo arrumado. De mal a menos.


Today, You Can See Me..



O blogue da minha inimiga preferida. Imaginem, se eu trato assim e é minha inimiga, o que eu faria se fosse amiga dela.

Vá ide lá ver... ide... aprender alguns conselhos de beleza da Sissy e de outras bloguer's. Só não percebi o facto de não haver gajos, não há?


Não é que...


... a minha querida sogra me surpreendeu imenso, pela positiva, nestas mini-férias.


Por momentos, pensava que era outra pessoa, que estava à minha frente. Tanto comigo, como com o meu irmão. Ficamos os dois parvos.

E assim aprendi mais uma lição: por vezes as segundas oportunidades são valiosas, valem ouro, temos é que aprender a dá-las nos melhores momentos. Nem sempre recompensa dá-las, mas quando as dá-mos podemos ficar surpreendidos.

Projecto, quê?!?!?!

Apesar do cansaço da viagem, ainda consegui ver 5 minutos de Projecto Moda da RTP 1. Nem sei que vós diga, nem sei que vós faça. Se estava cansada, ainda fiquei pior.

Basicamente, já tenho programa de Domingo à noite quando tiver com insónias. Aliás, estou seriamente a pensar, em pôr a gravar na ZonBox (passo a publicidade), para durante a semana, quando precisar de dormir, ver! Passados 5 minutos é ver-me a dormir que nem um bébé acabadinho de nascer. É uma alegria.

Contaram-me (de fontes não muito fiáveis) que vai haver peixeirada e barracada para o próximo episódio. Como bom programa tuga, não podia deixar de ter.

Tudo isto para dizer, que é uma versão rasca do Original.

segunda-feira, julho 26, 2010

Melhor do que...

...ir de férias é o regresso a casa.

Tirando a parte dos kilos e kilos de roupa que a máquina lava e que eu passo a ferro.

Sabe bem reencontrar os amigos e a família. Sabe-me bem que as pessoas venham jantar à minha casa. Tudo isso me sabe bem. E é fantástico.

Amanhã prometo contar tudo e tudo. Mas hoje, andamos com pouco tempo.


domingo, julho 25, 2010

Sabem o que é que eu vos digo... (#4)


Nem vós digo nada. Nem sei como tenho forças para escrever este post. Ontem, o Aquashow arrebentou comigo. Estou que nem posso (esta era a parte da piada...). Nem sei como é que amanhã vou trabalhar. Sei que tenho que ir, mas como?

Vou para a minha casinha a seguir ao almoço.

Até já.

sexta-feira, julho 23, 2010

Fotos (#1)



Os Malefic Brother's (porque sim, nós tinhamos um nome, para espalhar o terror quando eramos mais pequenos).



Simplesmente... nós ;)

A rotunda à saída do apartamento.


O calçadão da Quarteira.


Não faço a mínima de quem são os pais da a criança. Mas achei piada para mostrar à minha afilhada.


O homem das caricaturas. Não, ele não fez a minha.

Peço desculpa, por não ir ver os vossos blogues. Mas prometo quando chegar a Lisboa, o mais tardar na Segunda-Feira, vou ver tudo et tudi!

Ainda não comprei a prenda para a minha afilhada.

Preciso urgentemente de perceber...

... o fascínio pela praia e por comer Bolas de Berlim, ou outra coisa qualquer, na praia.

Eu não consigo comer nada, nadinha e rien na praia. Apenas água da garrafa (obviamente, que não era água da praia).

quinta-feira, julho 22, 2010

Vou só ali...

...e assim que puder, vou dando novidades.

Vou só ali ao Algarve e volto Domingo.

Entretanto, levo a Internet recarregável da Vodafone. Conforme puder, vou colocando aqui umas fotos.


Obrigada,


Agradeço todos os comentários aqui escritos. É bom saber, que por vezes, as pessoas se identificam com o que sentimos, quando estamos em baixo.

Como alguém disse e muito bem, o texto foi escrito num momento de pura raiva, no entanto, passado um dia, leio e continuo a sentir o mesmo. Identifico-me com tudo. O que, não deixa de ser triste.

Apesar de tudo, tento sempre dar o que posso de mim. Seja o que for. Quem me conhece, sabe que sou assim. Fico feliz com a felicidade dos outros, fico triste, com a tristeza dos outros. Tento ajudar quando posso, nem que seja com um sorriso, uma conversa agradável ou até mesmo um ombro amigo. Aquilo que puder, continuarei a dar.

Porque no fim, acho que não sou que estou errado, são aqueles ficam contentes com a desgraça dos outros.

terça-feira, julho 20, 2010

Odeio as pessoas...


Metem nojo as pessoas. Cada vez mais, gosto mais dos meus gatos e odeio mais as pessoas. Ninguém facilita nada a ninguém. Vêem uma pessoa na estrada aos gritos, por causa de uma puta de merda que vêm contra mim e foge (ainda nem sei como escapei - eu e o carro) e começam a buzinar, porque eu estou parada aos berros com o meu namorado ao telemóvel, com os piscas ligados porque nem sabia o que havia de fazer, de tal maneira que estava em pânico. Coitadinhas, não gostam de ser ultrapassadas, esquecem-se de olhar, não fazem a merda do pisca, e ainda por cima nem sabem as regras do código da estrada. Temos pena, tirem a carta de novo! Porque havia de ser obrigatório de 5 em 5 anos, repetir no mínimo o exame de condução! Estacionam à frente de lugares vazios e pedimos para sair e viram-nos às costas. Anda meio mundo a tentar foder, literalmente, outro meio mundo! Boa educação, quê isso? Nunca ouvi falar. Vou ao supermercado nem "Bom-Dia" dizem... Depois quando eu digo "ainda bem que a educação não se paga... porque se se pagasse você estava rica" ficam com uma cara... temos pena!!!!!

Ninguém ajuda ninguém. Metade passa por cima da outra metade. A metade que é boazinha lixa-se com tudo e mais alguma coisa. Já ninguém pode estar mal. Todos ficam satisfeitos quando os outros vão a baixo. Todos ficam fodidos quando vêm o sucesso das outras pessoas. Temos que ser egoístas, falsos e hipócritas. Temos que ser mentirosos e aldrabões, se queremos ter sucesso nesta vida.

E se fossem à merda gostavam?

E por mais que me digam, eu acredito nesta treta toda da solidariedade, das pessoas precisarem de nós e nos estarmos lá para ajudar, de ficar contente com o sucesso das outras pessoas e de ficar triste quando alguém se magoa. Se sou ingénua, até posso acreditar que o sou. Mas prefiro ser assim, do que ficar feliz com a desgraça dos outros.

Desculpem a linguagem, mas sinceramente, hoje andamos simplesmente, assim!

All About Love...

10 Things I Hate About You

Kat: I hate the way you talk to me and the way you cut your hair. I hate the way you drive my car. I hate it when you stare. I hate your big dumb combat boots and the way you read my mind. I hate you so much it makes me sick. It even makes me rhyme. I hate it… I hate the way you’re always right. I hate it when you lie. I hate it when you make me laugh; Even worse when you make me cry. I hate it when you’re not around. And the fact that you didn’t call. But mostly I hate the way I don’t hate you; Not even close, not even a little bit, not even at all.

10 Things I Hate About You
Kat: A Fender Strat? Is this for me?
Patrick: Yeah. I thought you could use it. You know, when you start your band. Besides, I had some extra cash, you know. Some asshole paid me to take out a really great girl.
Kat: Is that right?
Patrick: Yeah, but I screwed up. I fell for her.
Kat: Really?
Patrick: It’s not every day you find a girl who’ll flash someone to get you out of detention.
Kat: You can’t just buy me a guitar every time you screw up, you know.
Patrick: Yeah, I know. But then, you know, there’s always drums and bass and maybe even one day a tambourine.

Este foi simplesmente aquele filme que eu via e via e via, e simplesmente sabia as falas de cor.

segunda-feira, julho 19, 2010

domingo, julho 18, 2010

Coisas Minhas (#2)


Antes de mais cheguei!!! Melhor do que nunca, como não podia deixar de ser!

Como nota fica já isto:

Fazer a A1 em 1 hora e 30 minutos entre 120 a 180 km/h, num Mercedes-Benz, táxi. É a loucura. Era eu a ver a passar por eles, e a olharem embasbacados naquela "uma gaja?". Eu se acreditasse nessas coisas, numa outra vida, devia ter sido Michael Shumacher ou um Hamilton. É que não há hipótese.

Simplesmente, adoro!

No fim a conclusão a que eu chego é a mesma do meu pai... adoro grandes carros!

Para os moralistas que andam para aqui, sim eu gosto de velocidades. Não é por andar a 50 km/h que tenho uma condição segura. Complicado? Então aprendam...

Love

Pirates Of The Caribbean -
The Curse Of The Black Pearl

Um dos meus filmes preferidos de sempre. Não sei se por ter uma linda love story por trás, ou por ser uma mistura de fantasia com história. Não sei. Mas adoro.

Qual é o vosso filme, aquele que vocês vêem quantas vezes quiserem, e não se cansam, nada de nada?

Quote (#18)

quote of the day 4-22-09

sábado, julho 17, 2010

Fui...

Para um sítio onde não há internet, rede de telemóvel no mínimo e TV Cabo esqueçam lá isso.

Pelo menos durante 1 dia e meio, desliguei. Evitam de me mandar mails a pedir cotações e afins. Desliguei.

Volto amanhã à noite.

Bom fim-de-semana!

Have a Great Weekend...

... sem dizer nada.

Apenas feliz.

sexta-feira, julho 16, 2010

Vamos nessa?

Eu vou só ali passear o rabiosque e beber umas coisitas estranhas e já volto.

Não sei é a que horas. Mas volto.

Só para verem como isto anda (ou pelo menos andava)


Conversa ontem com uma amiga:

SR: "Então o teu jantar foi bom?"
Sissy: "Qual jantar?"
SR: "O de ontem... quarta-feira..."
Sissy: "Épa... sei que tinha esparregado com qualquer coisa, não sei bem o quê... mas tinha"
SR "Ah, mas não te lembras?!"
Sissy: "EU, lembrar-me?! Não... comi e passado 5 minutos fui para a cama. Apagou-se tudo."

Só para verem como isto anda. Fiquei irritada comigo mesma. Porque normalmente não me deito tarde, nem tão cedo, entre as 23 horas e 0 horas é o meu horário de semana. Para além disso, não me vou tão a baixo. Juro, que foi a última vez. Não me pagam para isto.

I don't care...


Vou tirar a Sexta-Feira à tarde! Preciso de uma tarde para mim. Fazer nada, rien, nada di nada! De lombo na praia ou a comer um gelado numa esplanada de Cascais. Não quero saber.

A tarde é minha!

quinta-feira, julho 15, 2010

Selos

Só agora é que me consegui organizar quanto aos selos. Se me esqueci de algum digam-me. Não foi por mal.

As regras gerais de todos eles são estas:

1. Publicar no blogue;
2. Informar de quem vai;
3. Passar a outros blogues;
4. Cumprir com o requisito escrito, por debaixo do selo.

Este foi oferecido pela Palavra Já Perdida e pela Vih.

Confessar uma verdade que não tenha dito a ninguém: acho que sou demasiado sincera e transparente, para dizer uma verdade, que todos os que me conhecem já sabem.


Estes dois foram exclusivamente (pelo menos que eu saiba) da Palavra Já Perdida:

Neste post.

Tens alguém que de cor à tua vida? Os amigos e o meu namorado. Aqueles que nos ajudam, quando vamos para baixo.

Neste post.

O que significa para ti o amor? Ter alguém que acredita em nós, que nós da a mão quando vamos a baixo. Quando precisamos e estão lá.


Estes todos foram oferecidos pela minha querida Olga.

Neste post.

"Existem mil e uma formas do Sol se manifestar na natureza...
Nos homens de todo o Mundo, continua a fazer maravilhas
porque, quando ele brilha existem mais sorrisos e mais diálogos..."


Neste post.

Regras:

Flor Preferida: Lírios

Mezinha Caseira: Limão com leite embebido em algodão, para passar na cara, para aclarar as sardas. (Cada vez está melhor!!!)

Como já se aperceberam são muitos selinhos. Todos eles vão para:


A Olga fica com todos os selos que não me deu, assim como a Palavra Já Perdida e a Vih.