quarta-feira, abril 28, 2010

Pessoas Chatas...(#28)


Odeio, mas é que odeio gente chata! Eu não tenho mel, para me andarem sempre a cheirar o traseiro. Não gosto. Eu se faço as coisas, não preciso que me andem a prestar a adoração. Guardem isso para quem gosta, comigo não funciona. Odeio pessoas que pensam que sabem, abrem a boca e eu penso "Ora aí vem shit". Outro facto interessante, se me ligam seis vezes seguidas, depois de duas mensagens a dizer "Liga-me." esqueçam. É que não vale a pena. Nunca mais devolvo a chamada. Basta ligarem-me uma vez. Eu devolvo SEMPRE a chamada, se me interessar, claro está. Não tenho pachorra para aturar isto. E dramas familiares. As coisas às vezes podem ser tratas de maneira tão simples, que quando eu penso "Isto agora é pior que um polvo". Tudo nesta vida deve ser tratado de maneira simples, prática e eficaz, ou então se preferirem com esforço, devoção, dedicação e glória (hora da piada).Outra coisa, não me atirem aquilo que eu peço à cara, porque se eu peço eu só não faço por vocês aquilo que não posso.

Mas isto, acaba por passar tudo, pelo nosso Objectivo de Vida. Nunca pensaram? O que queremos ser para os outros e como é que os outros devem ser para nós? Até que ponto, devemos deixar as outras pessoas andarem a brincar connosco? Até que ponto, podemos considerar amigo(s) outra(s) pessoa(s)?

Mas acima de tudo... ALWAYS HAPPY!

Isto tudo porque já são 28 posts no blogue e 150 etiquetas sobre coisas que sinceramente me irritam mais que tudo. Mas a realidade é mesmo esta: quanto mais tempo perdemos a ligar a isto, pior é. Mas a verdade é que às vezes sabe bem desabafar.

1 comentário:

  1. Ai ai ai
    Até senti pena, das pessoas chatas que estiverem a tua volta.
    Simplesmente, ignora-as!

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)