sexta-feira, abril 30, 2010

Try Sleeping With A Broken Heart (#5)

Imaginem uma criança numa loja de brinquedos. Sim, era ontem a minha figura...

A primeira parte era com a Melanie Fiona,

O concerto,
com muita boa música à mistura,
uma voz fantástica,
como o meu namorado disse "fiquei surpreendido, pensava que ia ficar sentada, durante 2 horas, afinal não...",
algo fora do normal,
com uma energia fantástica,
sempre em interacção com o público,
onde cantou os grandes sucessos de carreira,
e temas do novo álbum,
deitada em cima do piado,
sempre dançando com um bailarino bastante jeitoso, diga-se,
brutal,
sem explicação,
com um piano em forma de chave,
que não uma coisa muito normal.
Se é que é possível,
ontem,
ainda fiquei
mais apaixonada pela voz dela.
Deslumbrante.
Fantástica.
Divinal.
Mágico.
Sem palavras.
Com o Pavilhão Atlântico esgotadissímo.
Fez um espectáculo ainda melhor que ao que imaginaria.
Aqui ficam. Espero que gostem tanto como eu.

No final estava sem bateria no iphone e com câmara fotográfica sem 2 baterias.

Moral do Concerto:

"Keep your dreams always LIVE,
because you can do everything you want!"



Peço desculpa só por colocar agora, mas hoje estou com uma soneira, que vocês nem imaginam. Para melhorar ainda vou jantar a casa da minha sogra.

Quem quer esta casita?

Segundo ouvi dizer (e li) por aí, está é a nova casita da Celine Dion. Penso eu, assim de repente, "nem nos meus sonhos mais requintados quando tinha 5 anos, conseguia imaginar uma casa assim".

Mas, isto é apenas uma questão de pontos de vista.

Dizem por aí que os acessórios para a Spring... São:

Segundo a USWeekly este ano temos diversos must have para a primavera. Analisado aqui a situação... tudo faz sentido. Só não percebo a mala pirosa da Miley Cyrus. Não entendo, alguém percebeu, ou fui sou eu? Uma coisa é gostar de algumas coisas, outra bem diferente é fashion victim. No entanto, existem aqui coisinha que eu gosto, adoro e afins. Os brincos e os óculos, amazing.

quinta-feira, abril 29, 2010

The Element Of Freedom (#4)



Fantástico. Divinal. Magnifico. Perfeito. Ideal. Soberbo. Imaginativo. Lindo.

Amanhã a tarde publico as fotos porque a esta hora, depois um concerto como este, amanhã ter que me levantar às horas que tem que ser, é complicado.

Alicia Keys (#3)


Algures, por esta hora, a delirar no Pavilhão Atlântico. Provavelmente estarei parecida com uma criança de 5 anos, dentro de uma caixa de chocolates.

Depois ponho fotos e conto tudo et tudo et tudo ;)

Eu gostava de...

não gostar de chocolate, o meu bolinho chamado S.Marcos, de odiar carne porco, de não conseguir comer batatas fritas, de conseguir resistir a uma bela fatia de um bolo de chocolate, de conseguir passar um Verão sem comer gambas, de ir à Portugália e conseguir resistir ao belo bife do Pojadouro e depois me sentir culpada por não o comer, de odiar sapateira, da coisa que eu menos pudesse cheira seria um cozido à Portuguesa, de odiar torradas com leite com Chocolate, de odiar Chocapik, de odiar mil-folhas (não me lembro da última vez que comi um um), de não comer bolo de bolacha.

Eu gostava. mas não sou capaz. Porra. Mas porque é que o meu pai me ensinou a comer estas coisas? Devia ser só sopa e peixe, e mais nada!

Mas porquê é que eu gosto destas coisas, porquê?

Existem cinco coisas que com as quais não sei viver..


brincos, malas, óculos de sol, relógios e botas/sandálias.

E vocês, quais são as cinco coisas que têm mesmo que usar, sempre, os vossos reais must have?

quarta-feira, abril 28, 2010

Hoje o dia até estava a correr bem (#30)

ou não. Não é que Sissy Marie, vai à rua e encontra a cabra que lhe assaltou a casa? Isto é normal? "Quê do resto das coisas?" Não é que a croma ainda têm a cara de pau "Ah, eu depois mando pelo seu irmão?" SEU?!?!? Deve estar a brincar comigo, só pode...

Definitivamente, hoje não me devia ter levantado da cama.

Contexto: Jovem ficou grávida, depois abortou, quando os pais adoptivos descobriram puseram na porta fora. Sissy Marie boa pessoa, como sempre, acolheu-a na sua própria casa, contra a vontade do seu boy, porque a menina ia viver na rua, blá, blá. Promenor: conhecia-a nos escuteiros. Pouco a pouco desapareceram-me malas, perfumes, relogios e afins. Descobria que era ela.

Moral da História: Confiar sempre no jovem lá de casa.

Coisas que me Irritam... (#29)

Jovem de 16 anos e de 23 anos, procura pai e mãe para serem adoptados. São pessoas engraçadas e extrovertidas. De comunicar que jovem vive com a irmã e não pretende mudar isso. Financeiramente dependentes.

Objectivos:

- Ter alguém com que possam falar, sem ameaçar de porrada;
- Não liguem apenas ao dinheiro, mas ao Ser Humano.

Agradece-se também a disponibilidade para Natais, Páscoas, Aniversários e afins.
-------------------------------------------

Às vezes eu e o meu irmão perguntamos-nos "Porquê?", mas depois olhamos um para o outro e entendemos, porque nos adoramos demais um ao outro, porque ao fim e ao cabo, não precisamos de outras pessoas. Bastamos Nós para nos ajudarmos. Porque afinal somos irmão, e quem dera muitos irmãos por aí, sermos tão próximos um de outro. Porque também olhamos os dois para trás e pensamos e dizemos em voz alta "Não, não me arrependo". Também porque recebo chamadas a gritar "És uma cabra". Também porque uma vez virou-se para mim e disse-me "Tu não gostas mais do meu marido do que eu..." e deu-me uma chapada, porque o meu pai estava no hospital à três dias e não era operado e eu estava a tentar muda-lo de hospital. Também porque foi nesse momento que eu disse "Estou farta e não quero saber".

Sem paciência para aturar estas merdas.

Cristiano Ronaldo (#14)

Entonces hay que Cristiano Ronaldo en la tierra de nuestros hermanos, vienen a comer la estadounidense, socialitte Kim Kardashian?

Peço desculpa por não conseguir melhorar o meu espanhol, mas também não me peçam muito mais é que não vale a pena.

Então, Cristiano Ronaldo anda a atrás da Kim Kardashian. Para além disso parece que a família dela, anda assustadíssima, com a fala dele de Playboy. A única justificação que eu tenho para esse factor é simples: não lêem o meu blogue!

É que o clotezinho da foto branco com esses tennis brancos, ficam mesmo a MATAR! Vai por mim, como sabes eu nunca minto!

Eu juro, que esperava mais da Kim... mas não se pode fazer nada.

*E assim, a família dele UM dia, me vai fazer uma espera... devem ser eles com as vassouras. Aí queestoiquenempossocheiademedo.

Coisas Fantásticas (#16)




Assim de repente, queria os todos. A nova colecção da Poko Pano 2010. Fantástica, como sempre!

Adenda: Apesar de não conhecer, foi conselho pessoal da menina deste blogue. Fantástico like always.

Pessoas Chatas...(#28)


Odeio, mas é que odeio gente chata! Eu não tenho mel, para me andarem sempre a cheirar o traseiro. Não gosto. Eu se faço as coisas, não preciso que me andem a prestar a adoração. Guardem isso para quem gosta, comigo não funciona. Odeio pessoas que pensam que sabem, abrem a boca e eu penso "Ora aí vem shit". Outro facto interessante, se me ligam seis vezes seguidas, depois de duas mensagens a dizer "Liga-me." esqueçam. É que não vale a pena. Nunca mais devolvo a chamada. Basta ligarem-me uma vez. Eu devolvo SEMPRE a chamada, se me interessar, claro está. Não tenho pachorra para aturar isto. E dramas familiares. As coisas às vezes podem ser tratas de maneira tão simples, que quando eu penso "Isto agora é pior que um polvo". Tudo nesta vida deve ser tratado de maneira simples, prática e eficaz, ou então se preferirem com esforço, devoção, dedicação e glória (hora da piada).Outra coisa, não me atirem aquilo que eu peço à cara, porque se eu peço eu só não faço por vocês aquilo que não posso.

Mas isto, acaba por passar tudo, pelo nosso Objectivo de Vida. Nunca pensaram? O que queremos ser para os outros e como é que os outros devem ser para nós? Até que ponto, devemos deixar as outras pessoas andarem a brincar connosco? Até que ponto, podemos considerar amigo(s) outra(s) pessoa(s)?

Mas acima de tudo... ALWAYS HAPPY!

Isto tudo porque já são 28 posts no blogue e 150 etiquetas sobre coisas que sinceramente me irritam mais que tudo. Mas a realidade é mesmo esta: quanto mais tempo perdemos a ligar a isto, pior é. Mas a verdade é que às vezes sabe bem desabafar.

segunda-feira, abril 26, 2010

Qual das três a melhor? (#2)







A última por motivos muitoooo pessoais. Mas todas elas fantásticas, cada uma à sua maneira.

Alguma preferência?

*Faltam 3 dias*

Eu e a...

balança hoje andamos muito felizes. Depois de semanas e semanas atrás da mesma, desisti. Já não punha lá o corpinho à algum tempo! Até que hoje de manhã optei por pôr lá o corpinho... menos 8 Kilos. Assim, assim, hoje andamos para o muito feliz!

Adoro... Adoro...(#15)

Lindas. Fantásticas para a praia. Adoro as primeiras e as últimas da primeira fila.

Qual é a vossa preferida?

domingo, abril 25, 2010

Qual das duas a melhor? (#1)





Pois é meus amigos... andava eu para aqui a pensar com os meus botões, qual destas duas a melhor?

Assim de repente, não consigo dizer... ambas para mim, tem significados completamente diferente, a nível pessoal.

Dizei de vossa justiça.

*Faltam 4 dias*

25 de Abril

Não era para escrever nada sobre este assunto. Mas li este post e subscrevo por completo as palavras da mesma.

Nunca tinha lido em tão poucas linhas o meu sentimento por este dia.

Obrigada.

"Viva os comunistas, viva a Rússia. Viva a liberdade do desemprego e da pobreza, viva. Viva a estupidez, viva. Viva o Sócrates, viva. Viva o Trotsky, viva.

Communism is dead.
You know. No?!
Get informed.

O povo unido jamais será vencido. larali laralai larari."


Eu às vez questiono-me "Ser comunista é sinónimo de estupidez?" Cada vez mais, acho que sim.

Um dia...

... quando será o dia?

Tenho a Ideia, tenho o Logótipo, tenho o Conceito, tenho o Plano Financeiro, tenho o Plano de Marketing, tenho o Estudo de Mercado.

Quando será o dia?

sexta-feira, abril 23, 2010

Andar à Luta com os Gatos


Bad Idea... Very Bad Idea...

Eis o resultado de andar a guerra com o mais pequeno (que é só mesmo o mais pequeno de idade...) e da Milly.

Duas no ombro, uma no braço direito e outra na perna. Uma experiência mesmo única.