domingo, janeiro 31, 2010

Só uma perguntinha...


Anatomia de Grey passa na FOX Life - CERTO!
Anatomia de Grey passa à 5.ª Feira - CERTO!
Anatomia de Grey passa às 21h20 - CERTO!

Então, mas porque merda (peço desculpa, mas é que é mesmo assim!!!) estava eu a programar na Zon Box, as gravações para a próxima semana, e vai dar a merda do NIPTuck na mesma hora da Anatomia de Grey?

A sério, mas que mal fiz eu? I don't care! Já não bastava, o House e a Clínica Privada recomeçarem do inicio, o Em Contacto, ter parado, agora ainda tenho que levar com isto?

Peço desculpa, mas a sério já começo a ficar fartinha, não tarda nada vou mas é saca-las e acabou o assunto!

Quem sabe, sabe...


e o resto é conversa.

Sarah Jessica Parker têm um estilo que bate o para além do fantástico.

Apesar da idade, sabe aproveitar todos os momentos.

sábado, janeiro 30, 2010

Mais outra coisa que me irrita (#17)

Isto lá por ser fim-de-semana não quer dizer que tenha que levar com 1/3 de Portugal de fato-de-treino no supermercado ou no restaurante!

Não é por estarem casadas a não sei quantos anos, ou já estarem juntas à não sei mais quantos anos, que o fato-de-treino pode sair de gaveta sem ser para o ginásio ou para o jogging matinal!

Mete-me impressão estas pessoas, que saem para ir a restaurantes, às compras, ao cinema, aquilo que for, de fato-de-treino!

Não consigo a sério...

Nada nesta vida é garantido, por isso... nem sei que vos diga! Isso é tal e qual, como aquelas mulheres que estão casadas à-não-sei-quantos-anos e parece que decidiram vestir um saco de batatas.

Ninguém merece!

Nunca combinar coisas para depois não cumprir (Regras #1)

Isto é assim, eu tento combinar as coisas mas juro que não consigo...

Estava tudo planeado como deve de ser: jantar às 19 horas, filme às 21 horas, 0h30 wii.

Acabou por ser: Começar a fazer o jantar às 20h, começar a comer 21h30, 23h wii, acabamos só às 6 horas da manhã.

Por isso, é assim, se alguma vez vos convidar para vir à minha casa, já sabem, que os horários
nunca são cumpridos.

Sim, às vezes parecemos umas crianças, mas pelo menos somos crianças felizes! ;) Por outro lado, foi bom, também para o meu irmão, se distrair...

O filme ficou para hoje.

sexta-feira, janeiro 29, 2010

Hoje como momento zen,

programa com os amigos em minha casa.

Depois ainda ao cinema. 

E ainda voltamos a jogarmos wii sports!

Peço desculpa pela ausência,


mas esta semana realmente foi complicada. 

Assisti coisas que nunca pensei assistir, vi o meu irmão descer o mais baixo, que eu alguma vez pudesse imaginar. Amanhã com mais calma, conto-vos. Um verdadeiro filme de acção, que nunca pensei ver!

Por outro lado, é nestas alturas que vemos quem realmente merece a nossa atenção, basicamente os nossos verdadeiros amigos.

Porque isto agora é tempo de cuidar de quem realmente merece.

quarta-feira, janeiro 27, 2010

Eu e as gravatas

Eu sei que provavelmente muitas mulheres não gostam, but i love it!

Mas eu sou fascinada por gravatas! Com um fato preto e umas botinhas, a gravata fica sempre bem. Não tenho muitas, para as minhas necessidades aquelas que eu tenho chegam, isso basta-me.

O meu pai, tentou e tentou, que eu aprendesse o nó da gravata. Nunca conseguiu que eu aprendesse. Quando andava na faculdade era ele que me fazia o nó na gravata do traje.

Aprendi com um vídeo que vi na net (em baixo). Obviamente, que as uso como os homens, nunca as aperto muito. Ficam me bem.

Aconselho as da Mr. Blue, BlueRise ou as da Sacoor Brothers (não houve este ano na colecção de Inverno).



Estou que nem posso...


Merda, só me apetece dizer asneiras... Porra, Merda, F$%#-s#$!

Estou constipada, quando estou constipada, só me apetece comer coisas que fazem mal!

Ando de pingo no nariz desde ontem, não consigo dormir desde a noite de segunda-feira!

Para melhorar, ontem fui à farmácia, e receitaram-me Ben-u-ron e eu tentar (porque foi realmente tentar!!!!) que não tanto me faz tomar, como não, porque o efeito é nenhum.

Ela "mas têm que levar..."
Sissy"mas não vale a pena levar, porque não me faz nada, de-me antigripine.."
Ela "não lhe posso dar antigripine..."
Eu já quase a saltar...
Sissy "mas eu quero.."
Ela "posso-lhe dar Trifene 200"

E eu acabei por me dar por vencida, com uma vontade louca da esganar...

Resumindo, fiquei com Trifene 200 para outras alturas, e acabei por ter que vir a casa de propósito tomar Antigripine e continuo na mesma.

terça-feira, janeiro 26, 2010

O que eu gostava de ter mesmo, mesmo, mesmo...


era 1/3 do dinheiro que vai haver ai muito pessoal a aproveitar-se e a comprar brutos carros e casas, com o dinheiro que muitas pessoas doaram ao Haiti.

Isso sim...

Já me estou a imaginar...

segunda-feira, janeiro 25, 2010

Eu não quero, eu tento, mas ele obriga-me



Que culpa tenho eu? Eu bem que tento. Mas que culpa tenho eu, se me levanto e me aparece nas notícias que a coisa partiu o nariz a outro jogador.

Confesso, que tive que ver o vídeo 2 vezes, por vezes penso "ah, se calhar sou eu mesma que estou sempre a implicar com ele.". Na primeira ainda lhe dei o benefício da dúvida, à segunda pensei "naaa.... o gajo é mesmo parvo". Depois para culmo ainda venho à net e leio as declarações dele e tento não me atirar para o chão à gargalhada.

E assim fica a história:

Temos o Sá Pinto que espanca treinadores;
Temos o João Pinto que tira cursos de boxe no meio de jogos;
Temos o Pepe que escava as pernas do pessoal;
Temos o Sá Pinto (já me estou a repetir) que salta para cima de jogadores;
E ainda,
Temos o Cristiano Ronaldo que manda cotoveladas nos narizes do pessoal.

A única conclusão que eu tiro disto é mesmo esta... estamos f%$&@*+ no Mundial.


domingo, janeiro 24, 2010

Já me ando a preparar...

A minha última mania são colares compridissimosssss e enormeeeessssssssssss. Lindissimos! Ah e oculos se sol grandes e enormes, iguais aos da foto! 

Sou só eu, ou anda para ai, mais algum maluco?




sábado, janeiro 23, 2010

Existem dias assim...


Às vezes as pessoas desiludem-nos. Principalmente quando são próximos. Se for alguém pior ainda como um irmão pior ainda. Se somos nós que o criamos, nem vos digo nada. É uma mistura de sensação de desespero com medo, de que as coisas ainda fiquem pior. É o pensar que "Não, é impossível ele se ter tornado nisto". É todos me dizerem "Tu um dia vais bater com a cabeça na parede, e vais-te lixar à conta dele". E eu pensar "São todos doidos, o meu maninho nunca me vai desiludir." . E prontos, depois existem dias assim, nunca pensei. Mas afinal enganei-me. As pessoas que nos estão mais próximas são aquelas que nos magoam mais. É querermos saber resolver o problema da melhor maneira, sem ninguém próximo saber, para não ficarem com má impressão e depois encostamos-nos ao cantinho e pensamos "Não consigo. Tento e tento e não consigo." O problema é que ele para mim é como um filho que um dia irei ter. Fui eu que sempre tentei lhe dar mais e melhor. Fui eu que o ajudei. Era eu que fazia de tapete para ele não se magoar. Outro problema, é que ele confia demasiado e nunca nas melhores pessoas. Será que eu sou uma má irmã? Será que sou eu culpa? Talvez, dei-lhe tudo sem querer nada em troca. Mas não é isso, que se faz pelos filhos? Se calhar, não, de certeza, não devia às vezes deixar de pensar em mim, para lhe dar a ele. Não sei.
Espero que um dia, ela me agradeça, porque a partir da agora às coisas vão ficar complicadas para o lado dele. Controlar 24 horas por dia. Não sei, talvez seja essa a solução.
Talvez quando ele olhar para trás me agradeça, não sei.

sexta-feira, janeiro 22, 2010

Healty Insurance (A minha querida Sogra...)


Toda a gente sabe que eu adorooooooooo, mas adoroooooooooo mesmo a minha sogrinha!

Como não podia deixar de ser a mulher não podia deixar de me surpreender e eu bem que fico a pensar "Porra, eu fui adoptada e o meu namorado também...!"

Mais uma vez saiu-se com uma dica assim :

Sogrinha: "Ah, isso de seguros é para gente rica, vocês não precisam. não têm médico de família, então vão lá..."

Sissy: "Olhe, isso de ter médico de família é que para gente rica, não os seguros de saúde. Prefiro deixar de comer, do que deixar de pagar o meu seguro de saúde."

Sogrinha: "Ah tenho pena que aches isso. Mas certamente assim não será. Deves pensar que vocês ganham muito."

Sissy: "Ganhamos o suficiente para nós. E isso é que importa! E claro está, não têm nada a ver com isso"

Eu já com as garrinhas prontas para sair, a imaginar uma cena, tipo Wolverine, onde salto para cima dela e a arranho toda e ela grita "Desculpa, desculpa, desculpa... tudo aquilo que te disse", quando o meu mor (tenho que arranjar um nome mais querido para ele, porque este...), põe me a mão no ombro naquela "Vê-la se te acalmas que não quero limpar sangue...". Calei-me.

Para terem uma ideia, o pai dele era bancário e levava os nossos extractos para casa para depois ligar ao filho a dizer "Porque é que gastas € aqui, ou ali" ou "Viste aqui ao Campera e não foste capaz de nos vir dar um beijo?", durou 2 meses. Ao segundo mudei de banco.

Eu juro que me custa ir a casa dela, porque simplesmente tudo aquilo que eu digo é analisado e mais do que isso, atira-mo a cara nem que seja um ano depois...

Esta história têm continuação...

Mas fica para outro dia, porque se não, ainda me passo...

Já nem há respeito...


ando para aqui eu, a tentar twittar... e aparece-me isto!

"Twitter/ Over Capacity
Too many tweets! Please wait a moment and try again."

Dicas & Conselhos by Sissy (parte 6)


Dicas Soltas
(porque afinal, isto de ser mulher dá muito trabalho, mas no final compensa!)

- Depois de colocar a maquilhagem, convém sempre colocar que ajude a ela se misturar com a pele. Eu uso a Agua Thermal da Vichy em spray. Se não gostar de sprays compre o creme deAgua Thermal 2 para colocar logo de ínicio. Deixa um cheiro super agradável e ajuda a colocar tudo,  adapatando a base e as sombras a cara;

- Quando se aplica correctivo debaixo dos olhos, caso não tenha olheiras muito escuras e não necessite do correctivo de camuflagem amarelo, opte sempre por cores NW (ou seja, cores de tons mais amarelados). Mesmo que olheiras não sejam muito fortes, a área de baixo dos olhos é sempre uma coloração mais escurecida, e o tom de fundo mais puxado para o amarelo, e não o rosado, ajuda a emparelhar essa diferença de tons;

- O pó ajuda a fixar a maquilhagem no seu lugar e faz com que ela dure mais mas fique atenta! ao passar pó sobre uma área onde você já aplicou o correctivo, dê leves batidinhas por cima do produto antes de continuar aplicando normalmente. Isso fará com que o produto fixe-se no seu lugar e você não vai correr o risco do correctivo acabar saindo ao passar o pincel por cima dele;

- Quanto mais solto for a consistência do pó utilizado, mais leve será o seu acabamento. Esse tipo de pó é ideal para fixar a maquilhagem. Caso queira um acabamento mais denso, opte por um pó compacto. As bases tem diferentes texturas para diferentes finalidades. Bases mais cremosas, como os duo-cakes, dão um acabamento mais intenso e quase sempre (sem brilho), enquanto bases mais líquidas tem um acabamento mais leve. Mas cuidado! Bases muito cremosas tendem a marcar as linhas de expressão e ruguinhas com muita facilidade, por isso, se este é seu caso, prefira sempre as bases líquidas e um acabamento em pó;

- Para a sombra durar mais e evitar o acúmulo de produto nas dobrinhas da pálpebra, utilize um primer ao iniciar a make do olho. Para não precisar apelar a marcas grigas, que tendem a ser um tanto quanto caras, o Boticário vende o “potencializador de sombras” e a contém 1G tem o “creme fix”.

quinta-feira, janeiro 21, 2010

Alguém me pode explicar,

porque é que existe uma grande fatia masculina, que acha super interessantes 2 mulheres a acasalarem?

Que eu saiba, não têm nada que nunca tenhamos visto... mas... alguém me elucide... pode ser que esteja errada.... não sei...

Será o que? Gostavam de ver as coisas duplicar, se é que me faço entender...

(Antes que me venham para aqui atacar não tenho nada homofóbica nem nada do género. Apenas acho piada aos homens, que adoram ver 2 mulheres...)

quarta-feira, janeiro 20, 2010

Depois de estar...



..., ontem à noite, 5 horas a limpar a minha cozinha de alto a baixo com lixívia e de ter pedido ao meu irmão para me ajudar a limpar os vidros, exijo uma cozinha nova, igual à da foto!

Estou fartinha da cor dos meus armários, brancos claro está!

E depois ainda fui cozinhar, esperta não é?

Quero comprar,



Conan O'Brien colocou à venda o programa dele, simplesmente, quero comprar.

Tradução:

PARA VENDA: PROGRAMA DE TV QUASE NOVO - FAZ UM OFERTA!!! (Universal Studios)
Esta é sua oportunidade de ser proprietário do seu próprio programa talk show - garantido a durar até sete meses!! É necessário ver para crer.

Informação para compradores potenciais:

- Dimensões 30,5m x 30,5m x 10m - espaço suficiente para um sofá!
- Construído para as 23h35m mas pode ser mudado facilmente
- Banda não incluída, pode ser comprada à parte
- Comprador tem de honrar a presença de [cantor] Barry Manilow na próxima Quinta-feira

terça-feira, janeiro 19, 2010

Horror... mesmo horror!


Andava eu para aqui a consultar sites de informação e encontrei este retrato do Haiti, é horrível:

"Destruição. Gritos. Silêncios. Correrias. Lixo. Catanas. Saques. Helicópteros. Cheiro a morte. Amálgama. Port au Prince, cinco dias depois do terramoto.

Amálgama. É essa a primeira imagem. Amálgama. A cidade está esfarelada e decomposta. Dissolvida. Os elementos arrancados dos seus compostos e depois misturados. Sapatos com pedaços de ferro. Carros espalmados em paredes de casas. Ecrãs de televisão com comida podre. Amálgama, traduzida na língua dos pesadelos.

Um cadáver no passeio, coberto de moscas. Montanhas de lixo. Cheiro a carne podre misturado com carne queimada. Misturado com cheiro de lixo e pó. Mistura de pó e fedor a cadáver. Fumo, gases de borracha a arder. Mistura de cheiros quentes, orgânicos e cheiros gelados. Mistura de coisas humanas e coisas artificiais, metálicas, tóxicas. 

Amálgama horrível de cheiros e sons: os helicópteros a sobrevoar as ruas, gritos, vozes secas, ásperas, e mulheres a cantar, em rituais desesperados, pelos escombros. Mas sobretudo silêncios. Pessoas caladas, vagueando pelas ruas, apressadas, como se soubessem para onde iam. Como se a sua casa ainda existisse, o seu trabalho, os seus amigos. A cidade está atarefada, como se ainda existisse. As pessoas caminham como se fossem para o emprego, ou para a escola, mas vão procurar os seus mortos. Correm como se fossem ao mercado, mas vão em busca de coisas para roubar. Uns, comida e água para sobreviver. Outros querem mais. Uns procuram o que perderam. Outros o que nunca tiveram.

O rapaz guarda a catana no interior do casaco e corre com um riso triunfante, aos tropeções entre os pedaços de betão e barras de aço torcido espalhados na rua, com um pacote de biscoitos na mão. O assalto é organizado de forma rápida e eficaz: alguns membros do gang bloqueiam aquele pedaço de rua, aos gritos, exibindo catanas, facas, tesouras e todo o tipo de objecto contundente e aguçado que conseguiram arranjar, enquanto outros, em fila, trepam pelos escombros do supermercado destruído, esgueiram-se por uma fenda sinistra e saem por outra com o que apanharam. Neste caso, a loja chama-se "Authentic". "Articles diverses", diz numa placa que sobreviveu, rasgada a meio como uma folha de papel.

É uma rua comercial. Havia lojas de um lado e de outro, um grande mercado, vários edifícios altos, de betão, que albergavam empresas. Tudo desfeito como farinha. Um grande armazém é agora uma massa de destroços com um buraco por onde se pode penetrar: vários homens descarregam ordeiramente caixotes para um camião, no meio da balbúrdia geral. Dois buldozers desmontam aos poucos o puzzle do que foi um edifício de escritórios. Os pedregulhos e massas e betão movem-se e cedem com a acção das grandes pás das máquinas, mas isso não afasta de cima dos escombros o enxame de saquadores.

Dispostos a tudo Jacob, de 39 anos e olhos vidrados de horror e espanto, dorme na rua, num campo improvisado, com algumas centenas de pessoas. No momento do terramoto, ia deitar-se, para dormir uma sesta. A mulher e as duas filhas, gémeas de 11 anos, não estavam em casa. Quando tudo começou a abanar, Jacob não percebeu logo o que se passava, mas teve o instinto de fugir. Mal saiu, a casa desmoronou-se, tal como toda a fila de edifícios da rua. "Foram alguns segundos. Tudo ficou no chão, esmagado, de repente. Perdi tudo. A casa, todos os meus bens." Mas a família sobreviveu. A mulher e as filhas estão agora com familiares. Jacob está no campo de desalojados com um amigo, Ivan. Estão prontos para a acção. Dispostos a tudo para conseguir mantimentos para a família, como num mundo primitivo.

A casa de Ivan, por milagre, não caiu. Está aparentemente intacta mas ele acha que está corroída por dentro. O que se vê é apenas uma fachada de pó, que a qualquer momento vai implodir. Não tem coragem de entrar. Muitas casas não caíram logo, mas nos dias seguintes, subitamente. "O nosso país não estava preparado para uma catástrofe", diz ele. "Noutros lugares, há já um planeamento, na forma como as casas são construídas. Aqui, estávamos muito vulneráveis. Demasiado vulneráveis."

Antes do terramoto, as vidas de Jacob e de Ivan já eram um caos. Nenhum deles tinha ou alguma vez tivera emprego. "Não há trabalho no Haiti", diz Ivan. "Só para certas pessoas. É preciso ter amigos. Depende de onde se vem, percebe? Nós já estávamos muito mal. Agora..."

Amálgama. Certos edifícios parecem ter-se enterrado no chão. É nesses que há mais cadáveres. Percebe-se que não há por onde fugir. Ninguém pode ter saído dali. Edifícios enormes e bem construídos, como o do Citibank. Nas ruas de casas mais pobres o horizonte foi nivelado. Tudo no chão como se tivesse sido derramado. As ruas ficaram cortadas, intransitáveis. É difícil imaginar como terão sido. Fazem lembrar sótãos desarrumados, depósitos de entulho. Mas, ao mesmo tempo, do meio da destruição, emergem curiosas evidências. Percebe-se que materiais foram usados nas construções. As mobílias que as pessoas tinham, os objectos, as latas, as tábuas, os expedientes com que se aumentaram salas, se criaram anexos e andares.

Nesses sítios de uma estranha luz amarelada e um insuportável cheiro a morte, no meio da amálgama, com tudo espalhado no chão, pode ver-se de que era a cidade feita."

Eu não gosto...


de edições digitais.

Assino diversas revistas entre elas a VisãoMarketter e a Casa Cláudia. Compro religiosamente o Expresso e a Vogue

Não as acumulo. Assim que vêm o próximo número, vai directamente para a reciclagem.

Basicamente, sou uma viciada em comunicação! Sou dependente da informação.

Não passa um dia, sem fazer uma pesquisa online no site da CNN a ver o que se passa no mundo, vou à agência noticiosa Lusa.

Recordo-me no passado de ouvir uma pessoa que vivia neste mundo que fez uma afirmação que me ficou "tudo aquilo que ouves nas noticias portuguesas faz isto: ouve-a até ao fim, pensa, cerca de 95% é mentira, os 5% que são verdade, tens que acreditar neles pelo teu instinto, por aquilo que realmente aconteceu, nas internacionais vá que seja 10% e já é muito".

Relativamente ao nosso país, não acredito em muitas das coisas que vejo, acho nojento os canais noticiosos, e o único que ainda ainda é mesmo a SIC Notícias e depende de quem está por detrás da notícia.

Gosto do Ricardo Costa, gosto de ver o Expresso da Meia-Noite, gravo religiosamente o 60 Minutos da CBS, sou viciada em informação e em conhecimento.

Acho que devemos saber sempre mais. Não me quero ficar só pela licenciatura. Quero avançar é importante, nem que seja para mim, a nível pessoal!

Sorte (ou azar), o meu mor também têm este bichinho da informação!

Não acreditamos em tudo aquilo que vemos, acreditamos que mais tarde ou mais cedo, a segurança social vai estoirar, o sistema de saúde também não, e a educação vai passar a ser semi-privada. Mas isto fica para outro post.

segunda-feira, janeiro 18, 2010

Mais outra coisa que me irrita...

Eu não sou casada, OK? Logo não digam que "ela e o meu marido" vamos não sei aonde... porra... será tão difícil de compreender este conceito? 

"Ela e o namorado..." uma coisa qualquer... agora "a Sissy e o marido..." não!

O facto de vivermos já à algum tempo juntos, levou a algumas pessoas interpretar que já estamos casados e que já temos filhos (não digo que não daqui a 3/4 anos, mas agora...). Até pessoas com quem lidamos no dia-a-dia interpretam isso desta maneira...

O facto de eu viver com outra pessoa não implica que seja casada, certo?

Se sou casada, só se for comigo, ok? É assim, tão difícil de compreender?

domingo, janeiro 17, 2010

Ontem,

foi um dia feliz. Ganhamos uma afilhada. Com pedido da própria. 

Uma miúda linda e fantástica de 4 aninhos. Que se virou para mim e para o meu amor "Vocês querem ser meus padrinhos?". Só me apetecia chorar.

Uma grande mulher será. O pai abandono-a ainda ela não tinha nascido. A irmã praticamente têm a minha idade. A mãe é relativamente nova. Conhece os avós paternos (de mal a menos...), no entanto, o pai nunca vai lá vê-la. 

Nem sei como existem pessoas que podem ser pais. Mete-me nojo... mas prontos... não há-de ser nada...

Pode ser que um dia, espero eu, ela tenha o prazer de lhe dizer que perdeu uma grande Mulher como filha!

Mas prontos, agora vamos mima-la e chatea-la um bocadinho, da última vez que me informei, acho que era a função dos padrinhos. ;)

sábado, janeiro 16, 2010

Sinceramente, existem coisas que fico a pensar...

"Será que sou, só eu?"

Isto é tudo muito bonito, mas não me venham dizer que uma grande parte do dinheiro das doações vai para quem realmente precisa. Sinceramente, acredito naquelas pessoas que vão para lá ajudar, acho que eu dádiva de outro mundo, conseguirmos ajudar outra pessoa para além de nós. Bullshit!

Mas agora, esta cena das doações não me entra muito bem.

Participei no dia da Comunidade Vida e Paz do Natal de 2007 e achei aquilo uma peixeirada de uma coisa tremenda, gente toda bem vestida, a encher sacos do lidl com bolos reis e afins...

Se tivesse lá e tivesse dinheiro ou alguma coisa que desse "jeito" não teria problema nenhum em dar... mas isto...

Sinceramente... exista paciência...

sexta-feira, janeiro 15, 2010

My Layout


Este é o layout oficial e final (depois de várias tentativas), desde ontem, deste blog!

Mudei este e mudei o do meu outro.

Espero que gostem e que continue a vir!

Se não gostarem, olhem... aguentem-se e não me chateiem.

E aqui vai mais uma do meu amigo CR9,



Eu gosto tanto dele, tanto, tanto, que já andava com saudades de falar bem dele, quer dizer... mal.

As fotos dele, bem... nem comento... que aquilo lembrou-me logo "acabei de comprar uma caixinha para o açúcar, ficava lá mesmo bem!"

Eu acho que, o homem é gay (prontos já disse). Um homem que é apanhado com demasiadas mulheres em fotos demasiado escandalosas, só têm 2 explicações para isso:
1 - Ou é um grande atrasado mental, descuidado e uma besta;
2 - Ou está a esconder que é gay!

As minhas apostas claro estão, centram-se todas na segunda! Porque, apesar de gostar tanto tanto tanto dele, acho-o minimamente inteligente para não ser a primeira.

Não gosto dele. Não o gramo, nem um bocadinho! Acho-o horrível! Acho que não é exemplo de homem nenhum. 

E agora venha lá essa gentinha armada em "ah... sou sabes criticar o que é Português..." e eu respondo:
"blá...blá... Figo... 
blá...blá... Rui Costa 
blá...blá... Nuno Gomes 
blá...blá... Pauleta"
Alguma dúvida...?

Dicas & Conselhos by Sissy (parte 5)

Olheiras
(existe aí muita boa gente, que às vezes me apetece perguntar "então hoje levou um soco de quem?")

Lá para o final da semana, começo a desenvolver este problema... Mas sei que existe aí muitas pessoas, que é todos os dias.

Material:
- Corrector da mesma tonalidade da pele
- Base  da mesma tonalidade da pele
- Pó de Arroz  da mesma tonalidade da pele

Antes de colocar na palpera, colocar sempre nas costas na mão, para não ficar espesso. 

Colocar pela ordem acima mencionada, sendo que conforme se vai colocando o olho têm que estar como se tivesse a olhar para cima. Porque se não fica com rugas.

Para depois colocar a sombra e o lápis, e não descair, têm que colocar uma boa quantidade de pó-de-arroz antes e depois.

Existe quem coloque a sombra e o lápis. Acaba por ser mais prático.

quinta-feira, janeiro 14, 2010

Para mim,

uma das melhores músicas de dança de sempre.



Jason Nevins Feat. Holly James - I'm In Heaven

Mais um... ;)

Este foi mais uma vez oferecido pela simplesmente eu e a vih.

Regras:

1 - Escrever 10 coisas que não nos saiam da cabeça.

1. Amigos
2. Mano
3. Namorado
4. Mestrado
5. Música
6. Viagens
7. Livros
8. Cama
9. Cinema
10. Ser feliz!*

2 - Passar a 10 blogues.



Levem... aqui amam ou a quem odeiam! ;)

* Sou obrigada a estar de acordo contigo na 10.ª

Adenda: Este post foi agendado no dia 13 de Janeiro de 2009, para dia 14 de Janeiro. No entanto, a vih também me ofereceu este selinho. Muito obrigada! ;)

quarta-feira, janeiro 13, 2010

It's something...

but i don't know how...

Não me perguntem o porquê... mas esta mulher têm qualquer coisa... que não sei o que é...

Ouvi à dias no E! que ela depois de os anúncios da CK vai para casa pedir uma pizza familiar...



Blogue em fase de testes. Não em construção. À procura do melhor layout possível. Porque já estou fartita deste...

Estou numa de indecisão...


Inscrevo-me no ginásio ou compro uma passadeira para colocar lá em casa...?

Fica mais barato, comprar a passadeira. A longo prazo também é melhor. Mas só serve para fazer uma coisa. No entanto, é das coisas que mais gosto de fazer no ginásio. Posso me levantar as 6 horas da manhã, vestir o fato de treino e os tennis e ir logo para a passadeira. Não preciso de apanhar chuva, nem vento. Posso fazer 7 dias por semana. Dá para mim e para o meu irmão. No entanto, eu gosto de estar rodeada de pessoas. Se fizesse lá por casa, era sozinha... bem quer dizer, com boa música... pelo menos para mim...

Não sei, juro que não sei...

Ate 6.ª feira, preciso de arranjar uma solução para o meu problema...

Que faço?

terça-feira, janeiro 12, 2010

I Gotta Feeling,


that's a good, good week!

Semana de Estreias:

Apesar disto, ainda tenho que ir sacar umas quantas...

Por enquanto, programem as Zon Box's, as Meo Box's, aquilo que tiverem para programar...


Está decidido...

este é um ano de boas mudanças!

Amanhã vou-me inscrever no ginásio!

Mais importante que isso, vou começar a IR!

segunda-feira, janeiro 11, 2010

Good Girls Go Bad

Depois de já ter riscado o cd da Alicia Keys*, deixo-vos com isto...



*Está fantástico o cd... a sério... da primeira à ultima música...

Não tarda nada,



vão mas é para o forno...

Eu que ando viciada nas noites de Sexta-Feira ou de Sábado a fazer jantares cá em casa e depois cantar o Singstar (ou como diz a ex-mulher do Beto, Filipa Castro, o Singa Star) ou a jogar a party, ontem andava a sacar umas musiquinhas na loja Singstar online e a cantar ao mesmo tempo, não é que o raio do gato roeu-me um dos microfones... Raio que o parta!

No entanto, agora tenho uma boa desculpa para comprar os sem fios...

sábado, janeiro 09, 2010

Existem dias, onde o pessoal têm um azar do caraças...


e depois existem estes, onde temos uma sorte que não se sabe bem de onde veio.

Hoje lembrei-me, de ir com a filha de uma amiga minha, ao Oceanário.
Liguei de amanha. "Ah, mas eu queria ir com ela, ao circo, com aqueles bilhetes que tu nos ofereces-te..." Pois, porque Sissy não vai ao circo... medo de palhaços...

"Mas nos podemos ir às 15 horas, e assim já conseguimos ir ao circo..."

Mesmo à Sissy, chego 30 minutos atrasada. E só conseguimos sair do Oceanário por volta das 17 horas. Entretanto, ela também estava atrasada, e perdida! Lá andamos nos com a pequenina, à procura da mãe.

Chega ao pé de mim por volta das 17h30, depois engana-se e vai quase para Sacavém (porque existe lá, outro circo...).

Liga-me a perguntar se eu sei. E respondo que não. Desligo.

Entretanto, meu amor, estava ao lado e diz-me "ah deve ser aquele ao pé da Galp...". Penso eu "agora não vou ligar".

Passados 5 minutos "olha afinal já não vamos circo porque um bancada caiu com crianças e parece que os tigres andam à solta...".

Cheguei a casa confirmei.

Moral da História:

Isto ás vezes lembramos-nos de coisas, que nem nos lembramos, e fazemos naquele dia e nem sabemos bem por que.

Mas porque é que o pessoal, inventa?!?!?!?

Para além disso, se elas tivessem ido, e tivesse acontecido alguma coisa, fica com um sentimento de culpa... bem... 

sexta-feira, janeiro 08, 2010

Dicas & Conselhos by Sissy (parte 4)

Sardas
(eu quando era pequenina... odiava ter...)

Apareceram-me quando eu era pequenina. Mesmo pequenina... 

Sim é verdade eu já fui pequenina, apesar de muita gente pensar o contrário, por causa do meu 1,78m..

Avançando, as sardas quando me apareceram foi horrível, escuras... brr... só de pensar...

Então, eu descobri, uma solução. 

Não sei se li, ou se alguém me disse, a única que eu sei é que resultou... e com um pouco de base pareço uma pessoa normal! 

Aqui fica a receita:

- 1/2 copo de Leite
- 1 Limão 

Junta-se o leite com o sumo de limão e com um pouco de algodão espalha-se na cara. Não passar pôr água. No outro dia de manhã limpara com muita água.

Durante 2 meses, fiz isto todos os dias.

Uma coisa é certa, aclararam bastante e se colocar base e um pouco de pó de arroz por cima. Ninguém repara! ;)

If you have to do it, do it well! 

quinta-feira, janeiro 07, 2010

Na gosto de Farmville, Na gosto de nada dessas coisas...


mas adoro o LocoRoco2!

Sei que parece um jogo de pita! De pirralha mesmo! Mas simplesmente não quero saber...

Adoro jogar com o Locoroco, as Miumius, apanhar as Pickories e lutar contra as Mojas!

O primeiro saiu em 2007, já joguei os níveis todos, cheguei ao cumulo de o levar para o Algarve... Já passei os diversos níveis mais de não sei quantas vezes!

Se entretanto, não vier escrever algumas coisas é porque estou agarrada a uma PSP...

O problema desta questão é que tenho que pedir a PSP emprestada ao meu irmão ou ao meu namorado... Mas quem manda sou eu, porque quero jogar LocoRoco!!!!!! ;)

Para além disso, em 2007, não tinha que fazer nada... Agora tenho que trabalhar, fazer o comer e tudo aquilo que nos sabemos...

Vá eu concordo que o jogo seja estúpido... mas é um vício... porra... ninguém imagina!

Será que é só a mim...


que tenho azar com os computadores?

Tenho 2 portáteis e um computador pessoal.

O Sony Vaio foi para arranjar a semana passada. O computador pessoal avariou-se no dia 31 de Dezembro.

Fui leva-lo para arranjar na 3.ªFeira. Na 3.ª Feira à noite avariou-se o Apple. Quando cheguei à loja vira-se o jovem para mim "você também têm mas é azar, quando se avaria um, avariam-se todos..." e eu a pensar "ah...ah....ah...que piada..."

Ligaram-me por volta do 12h "o Apple, precisa de um disco rígido novo" e eu a pensar para com os meus botões "f***-se".

Mas pelo menos, arranjaram-me os últimos dois (porque o Sony Vaio está para arranjar noutro sítio) e no computador pessoal instalaram-me o Windows 7

Moral da História: A merda desta brincadeira, sem piada nenhuma, custou-me uma conta linda de 3 dígitos! Onde é que anda para aí o cromo dos computadores, para lhe dar porrada.

Será que é só a mim?

quarta-feira, janeiro 06, 2010

Dão se por encerradas até dia 01 de Dezembro...

as festividades natalícias!

Guardem a árvore, guardem os efeitos, tirem da janela aquela coisa que chamam de neve, mudem os layouts dos blogues, ponham os vossos restos de bolos no lixo, comam o vosso último bolo-rei até Novembro, comecem a cortar nos doces até à Páscoa. Comam peixe.

Digam Adeus, ao trepar dos gatos (este ano, fiz a minha árvore 2 vezes, só me apetece é po-los no forno!!!!).

Em Novembro, isto vai tudo voltar novamente!


terça-feira, janeiro 05, 2010

Então como é que está...


Esta é das coisas que mais me custa a perguntar...

A sério... será que ainda ninguém se apercebeu que é uma pergunta meramente formal e que eu não sou psicóloga?

Não tenho nada a ver, como é que está o cão, o gato, se o marido está desempregado, não tenho! Haja paciência.

Nunca tive muita paciência para lamechiches...

Já estou fartinha de ir ter com clientes "ah... isto vai-se andado, uns dias mal outros pior. e agora a minha mulher está com gripe... coitadinha... estivemos a semana passada 5 horas à espera de uma consulta, uma verdadeira desgraçada... e você como está?"

"Óptima como sempre!"

Eu se, nem ao padre me confesso, vou andar a espalhar a A, B ou C o que se passa na casa de X, Y ou Z. Fantástico, não é?

Têm que contar a vida a toda a gente, como se de um jornal se tratasse.

Nunca percebi... é para ter pena?

Eu às vezes, nem ao meu namorado, conto, quanto mais aos outros, devia de ser bonito...

Ninguém tem nada que saber, o que se passa, desde que eu entro da minha porta de casa para dentro.

Trabalho fica a porta e é para ser discutido com o chefe. Assuntos pessoais são para ser discutidos com quem de direito, mas não entre as diversas pessoas que não têm nada a ver com isso.
Será que sou só eu?

Isto de ser Europeia...


têm muito que se lhe diga..

Isto parece uma conversa de loiras (sem ofender a Loira, porque ela até é uma loira diferente).

Isto é uma conversa entre uma Francesa e uma da Hungria, acho eu, e mais uns quantos americanos, todos eles vivem nos Estados Unidos pelo menos à 11 anos, começa mais ou menos assim:

"O júri, disse-me que eu precisava de exteriorizar as emoções, deixar sair cá para fora, mas, eu não sou capaz de exteriorizar as emoções, porque sou europeia.."

"Pois, o problema é que vocês sempre viveram aqui e nós como chegamos da Europa, não deixamos sair cá para fora..."

E as outras a olharem feitas parvas (porque será?!)

E eu, a pensar cá para comigo:

"Yah... e agora o continente é que têm a culpa... já lhe ouvi chamar muita coisa, como falta de jeito ou mesmo sem jeitinho nenhum, agora isso... náááááá...... ná me cheira, nadinha!"

Fui só eu que ouvi isto?

Será só de mim, ou as pessoas têm a mania de culpar, ou de inventar coisas que eu não sabia, só para se safarem da melhor maneira? Uhmm?

segunda-feira, janeiro 04, 2010

Às vezes, mas é que é só mesmo de vez enquanto...

Dá-me uma vontade de ir ao messenger e apagar para aí 75% dos meus contactos porque:

- uns não gosto (estes devem ser os primeiros...),
- outros não os vejo, desde que o diabo perdeu as botas (e as saudades também não são muitas..),
- outros ainda são do tempo do meu secundário (onde é que isso já vai...),
- outros são ex-namorados (este se calhar, convém guardar, não sei...),

Um dia destes, passo-me e vai tudo ao molho...

Psttt.. It's a Secret..

Não sei se sabem, mas eu tenho um problema....

Sou Salsacólica... Sim é verdade! Sou viciada, nas gangas, nas malas, dos sapatos, nos top's básicos, nos casacos... em tudo...

Às fazes, acho que o Confession Of A Shopaholic foi inspirado em mim, mas pronto, pelo menos foi inspirado numa grande percentagem de mulheres.

Por isso, agora que chegaram os saldos já lá fui fazer uma despesa...

Os novos jeans da Salsa, os secret, para quem têm rabiosque são excelentes! Assentam bem e têm efeito push-up! Existem de ganga escura e mais clara...

Fazem um efeito realmente fantástico e são óptimos para usar com umas botinhas agora para o Inverno!

Aproveitem os saldos... ;)

Underwear

A sério... aproveitem os saldos para comprar lingerie de qualidade.

Isto para mim, existe ai muita gente que precisa de aconselhamento de roupa interior.

Não que seja mau de todo, mas é importante reconhecer os nossos erros e saber o que podemos melhorar.

Por exemplo, na minha juventude usava t-shirt's com top's por cima, ou uma camisola de manga comprida, com uma camisa de manga curta por cima, never more! Não sou capaz de usar. Existem pessoas a quem fica bem, a mim, não!

Aproveitem, peçam ajuda... Inventem... mas a sério... façam um favor a vocês mesmas e ao namorado... não se perde nada...

Sou só eu que note diferença em mim, quando uso algo jeitoso debaixo da roupa? Just me?

domingo, janeiro 03, 2010

Isto é só mesmo para quem...


vê o American Next Top Model.

É só de mim ou, mais uma vez, esta temporada do ANTM, não têm ninguém de jeito.

São feias, mal educadas e sinceramente, falta-lhes um certo toque de modelo.

Sim, existem raparigas giras, mas nada como a McKey, a Sam, Saleisha, a Annaleigh e por ai fora.

Que se ha de fazer?