terça-feira, novembro 24, 2009

Imaginem...*


Pai a assinar documentação. Pai e Filha a chorarem que nem uns perdidos. Quem os viesse pensavam que tinha morrido alguém. Apesar de tudo foram 23 anos de actividade profissional. Essa actividade pagou: Universidade privada, externato, livros, roupa Salsa, estragos (estragos bancários) no El Corte Inglês, idas à Portugália, idas ao Montigo, Natais fantásticos com a sua querida madrinha de baptismo (um amor de pessoa, um verdadeiro anjo!).
Será que foi complicado?
Saudades de o ver a trabalhar (também já não vivia lá em casa, mas mesmo assim...), de o ver a chegar a casa às 2h da manhã e acordar assim meio para o ensonada só para lhe dar um beijinho de boa-noite (o problema é que ficávamos acordados até às 6h a falar sabe-se la do que!).
Não, foi horrível...
Reformou-se devido a motivos de saúde. Talvez tenha sido melhor, prefiro acreditar que sim.
Mas não sei até que ponto o foi...
Vamos ver... o futuro o dirá!


*Agora não imaginem, acreditem mesmo!

4 comentários:

  1. Foi melhor assim amiga, acredita que foi... O teu pai precisa de descanso, e sobretudo precisa de tomar conta de si. ;)

    ResponderEliminar
  2. Foi o melhor para o teu pai.
    Ele preciso de descanso e aprender a apreciar a vida de outra maneira sem stress de trabalho e outros afins... Força sissy*


    AH é verdade a écharpe tem sim na Stradi com vários padões e custa cerca de 10-12 euros.

    bjs**

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)