terça-feira, outubro 20, 2009

Largartices


Sendo a Sissy uma Lagartinha desde de que foi fabricada en la Paris... não posso deixar de colocar aqui algumas frases de Paulo Bento*.

«Para assistir a grandes espectáculos vou ao cinema», em resposta às críticas do antecessor José Peseiro, 04/03/06.

«Se o golo foi com a mão não é polémico. Com a mão é andebol ou basquetebol... Futebol é com os pés», após o golo de Ronny (P. Ferreira), 17/09/06.

«Teremos o gerente do hotel que nos vai receber para nos instalar. A partir daí, desde que nos abram o balneário, está tudo bem», sobre a guerra com o Nacional, 08/09/06.

«O Bayern nunca perdeu com o Sporting? Eu também posso dizer que, como treinador, nunca perdi como o Bayern», antes do primeiro jogo com os bávaros, 17/10/06.

«Penso que é algo exagerado, o risco ao meio e principalmente algumas palavras. Mas achei imensa piada», sobre a caricatura dos Gato Fedorento, 06/11/06.

«O Domingos teve mais atenção hoje do que teve contra o F.C. Porto. Hoje não olhou para o chão», sobre uma crítica ao árbitro do treinador então na U. Leiria no fim de um empate com o Sporting, 04/03/07.

«Se estou tranquilo? No dia em que perder a tranquilidade... mal será!», em resposta a uma pergunta sobre a renovação, 12/05/07.

«Quem nomeia os árbitros para o Sporting pode fazer uma coisa: nomeia sem assistentes. Vem só o árbitro», no fim de uma vitória sobre a Naval, 04/11/07.

«Sporting é uma ditadura? Ficava muito mais preocupado se fosse uma anarquia», em resposta a Liedson, 4/01/08.

«Não são fontes, são bufos. Se os descubro não ficam cá nem mais um minuto», zangado com as fugas de informação no balneário, 8/2/08.

«Para ti e para mim é bom que esteja a acabar», no final do Sporting-Benfica (1-1), a propósito de Paulo Paraty, árbitro que estava a terminar a carreira, 2/3/08.

«Não sou médico, não trabalho no aeroporto e não sou espião», sobre as razões do atraso de Vukcevic no regresso aos treinos, 17/10/08.

«Tem aí uma folha A4?», após um jogo com o F.C. Porto, respondendo à pergunta sobre que queixas tinha da arbitragem de Bruno Paixão, 10/11/08.

«Perseguido pelos árbitros? É fácil apanharem-me, estou ali no banco e não me mexo», após mais uma expulsão do banco, desta vez em Guimarães, 30/11/08.

«De manhã, como sabem, paro num cafezinho ali na Atalaia e comecei a ler que Miguel Veloso estava inapto. Meti-me no carro e fui falar com o Dr. Gomes Pereira, que me confirmou», antes do clássico com o F.C. Porto, 27/02/09.

«A garrafa? Está boa, não partiu nem nada. Chutei com o pé esquerdo...», sobre o pontapé que deu numa garrafa e que quase acertava no banco do F.C. Porto, 28/02/09.

«Proteger só os mais talentosos? E os que não são? Partem-se as pernas?», em resposta a um comunicado do F.C. Porto sobre a necessidade de proteger Hulk, 24/04/2009.

«O Real queria pagar e pagou, o Manchester queria receber e recebeu, e o Ronaldo queria ir e foi», sobre a transferência de Cristiano Ronaldo, 19/06/09.

«Tem os mesmos direitos e deveres dos outros, mas eu tenho o direito de fazer escolhas e ele não tem as mesmas possibilidades dos outros», sobre Stojkovic, 12/09/09.

«Pedir de desculpa aos adeptos? Não jogámos mal de propósito», no fim do jogo com o Hertha, 02/10/09.

«Vim para o Sporting para ser profissional e não para ser amigo, não vim para passar o Natal em casa de ninguém», sobre a ligação com os jogadores, 17/10/09.

* Pessoalmente, confesso-me como sendo adepta do Paulo Bento, enquanto jogador e enquanto treinador. Acho que também tem tido mais azar que outra coisa, porque também não lhe dão grande espaço de trabalho.

3 comentários:

  1. SSSSSPPOOOOOOOORRRRRRRTTTTTTTTTTTIIIIIIIIIIIIINNNNNNNNNNNNNNGGGGGGGGGGGG!!!!

    Sempre!!!

    ResponderEliminar
  2. Linda como é que me podes ajudar nao percebi ? mas mt obrigado á mesma !!! beijaoooooo ***
    aqui deixo o meu msn se qzres adiciona me e falamos : daniela_filipa82@hotmail.com

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)