quarta-feira, outubro 14, 2009

Casamentos e Palermices!

Odeio casamentos. Já tinha dito? Acho até que são foleiros. Desde pequena que nunca gostei!

É uma celebração ridícula para 200 pessoas! Mas por alma de quem, é que eu tenho que celebrar o meu amor eterno (puf... divórcio...) perante os tios-avós, pessoas que não vejo à mais de 10 anos, que discutiram com os pais de A, B e C e raio que os parta? Porquê? Simplesmente não tenho...

Para depois eu chegar a casa estoirada sem me conseguir mexer nos próximos três dias, onde desembrulho prendas foleiras ou o conjunto de facas pela 3.ª vez (eu sei bem, o que fazia com ele!).

Acho que é ridículo... a sério...

Se (atenção... SE!) algum dia me casar será 20 pessoas (e já é muita gente!) num jantar num hotel de um cliente meu que simplesmente amei!, e em pleno mês de Dezembro!

Não quero saber se a tia-avó fica chateada comigo! Não quero... é irritante...

Simplesmente... o casamento para mim, é uma coisa que é sobrevalorizada, não tenho apregoar a este mundo e ao outro, gastar não sei quanto (e eu com esse dinheiro vou a NY, Paris, Sidney e sabe-se lá mais onde...) e não aguentar-me em pé.

Não há necessidade de ser tão ridículo...

Outra coisa... lá por eu viver junta com o meu namorado, ele não é meu marido!

Odeio quando o dizem... durante dois segundos, fecho os olhos e imagino-me a saltar para cima da pessoa que disse isso a atacar-lhe o pescoço, como se não existisse amanhã!

Não tem lógica!

(para que conste, eu o ano passado andava nos escuteiros (CNE) e só me deixavam permanecer nos mesmos, se me casasse. mas como nunca ninguém me obrigou a fazer nada... simplesmente, sai!)

1 comentário:

  1. Uiiii!!! Isso é mesmo detestar!
    Nem tudo tem de ser como descreves! podes casar sem convidar a tia que não vês há 20 anos ou o piriquito, cada um faz o casamento que quer e gosta! Sabes nem todos casam a pensar em divórcio! Se fossemos pensar assim (eu não pensei), nem de casa saímos pois a probabilidade de ser atropelada é enorme...
    Denoto aí um pequeno ódio de estimação pelo casamento ... e lá está, ninguém é obrigada a o fazer!
    E não precisas de gastar "rios de dinheiro"... eu não gastei!
    O que é bom para nós, não o é para os outros!
    Acima de tudo respeitar o gosto dos outros!

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)