sexta-feira, julho 24, 2009

Thomas Daley

Parece que agora já nem se pode ser bom, naquilo que se é realmente muito bom. Parece que agora os pais já não ensinam aos filhos o significado das palavras amizade e/ou os colegas também não ajudam muito.

Passo a explicar.... o jovem da foto chama-se Thomas Daley, descobri o jovem o ano passado, nos Jogos Olímpicos de Pequim. Este jovem na altura tinha 14 anitos, e já fazia espectáculo. Foi o mais jovem atleta a participar nos Jogos Olímpicos.

Esta quarta-feira, com 15 anos, conquistou a medalha de ouro de saltos para a água de trampolim de 10 metros.

Segundo o Telegraph, o jovem é vítima de bullying da parte dos colegas da escola.

A minha pergunta mantém-se já não se pode ser bom, naquilo que gostamos realmente?


1 comentário:

  1. Bem...infelizmente essa é uma prática cada vez mais comum. Não é um fenómeno dos dias de hoje, mas sim um fenómeno que hoje é reconhecido, e até ganhou nome. Não tem a ver com ser bom ou mau; penso que os melhores em algo são até as maiores vitimas, daqueles que não se conseguindo destacar em mais nada, se orgulham de "dar porrada" neste e naquele, e provocam admiração/medo/"respeito" nos que assistem...

    Quanto ao Thomas...Há de ser um grande homem, conforme já é um grande nadador ;)


    Beijinhos, Carrie

    ResponderEliminar

escreve... vá lá... não custa nada... ;)