quarta-feira, outubro 27, 2004

Winter List

Para o bem dos meus assíduos leitores (quantos é que são mesmo?!? lol) decidi fazer uma "listinha" de material essencial para passar o inverno... porque uma pessoa apesar de tudo não vive do calor (e eu até prefiro mais a chuva que o sol.. ;) )
1- essencial uma manta verde aniz! pode-se esquecer de tudo, excepto isto! a sério... tem um tom excelente e é super quentinha! tem que ser mas é grande... se quiserem um digo-vos onde comprei a minha! em opção...uma boa companhia, também serve! ;)
2- umas pantufinhas à la pluto! aquelas grandes e farfalhudas... estão à ver?!? ok.. eu também não, mas posso vós arranjar umas fotos... tem mas é que pedir com jeitinho! ;)
3- um chavena de chocolate quente e um bolo de iogurte de coco! também bastante importante! 4- um bom pijama, também vinha a calhar...
5- livros! essencial! aconselho especialmente estes "Homens há muitos" de Francisco Salgueiro, "Solteira, Sozinha e Bem Acompanhada" de Luciana Littizzetto (é italiana) e os da Margarida Rebelo Pinto, Tina Gruber e da Allison Pearson, óbvio! :D
6- quanto a música para mim é muito relativo... mas aconselho um pouco de tudo... dsd q gostem! ;)
7- para cinema é muito relativo... mas optem pelo Anti-Pai Natal...lol sempre é, melhor que outros que eu cá sei...
8- e os nossos amados dvd's... claro está! ;) não os percam de vista porque eles estarão num clube de vídeo perto de si! :p
9- séries de TV... ALIAS...ALIAS E ALIAS! a sério... aquilo é mesmo espectacular!

Aqui fica a minha lista... um dia deste ainda escrevo um livro...lol
E depois não digam que eu sou vossa amiga... :p

terça-feira, outubro 26, 2004

Gustavo

Olá minha grande sportinguista !!!:D Pois é, cá estou eu tambem neste blog!LOL
Pah,qué que tu queres que te diga?...talvez que o blog tá muito porreiro e muito bem concepcionado por ti, e como tu és boa pessoa e uma porreirona pronto..só podia tar bom!:D despeço-me por enquanto mas prometo voltar com mais posts!hehe um beijo

domingo, outubro 24, 2004

sábado, outubro 23, 2004

Como perder um homem em 10 dias...

Isto além de ser o nome de um filme espectacular também é mote para um blog escrito pôr mim mesma... eu entendo a emoção... não é todos os dias que se lê um blog escrito por mim... lol
O.k... deixando de brincadeiras... Como Perder Um Homem Em 10 Dias é o nome de um filme, que dá que pensar...
Vamos por pontos:
1.º Porquê mandar embora um gajo todo jeitoso e engraçado?! For money?! I don't think...
2.º Porquê gozar com um gajo na hora de almoço com as nossas melhores amigas?!? (todas nós o fizemos, nem que seja uma veja na vida...)
3.º Porquê escrever cartas românticas se temos a hipótese de dizer tudo na cara?!
4.º Porquê usar a magia dos outros se queremos usar a nossa própria magia?!?

Pois dá que pensar...

Odeio...

Odeio pessoas falsas,hipócritas e cínicas. Odeio concertos foleiros, música pimba e comida alentejana. Odeio ir à casa das outras pessoas sem ser convidada e virem à minha sem o serem. Odeio que digam mal de mim nas minhas costas e pessoas que não são frontais. Odeio amores perdidos e horas perdidas por causa dos mesmos. Odeio o cheiro de papel queimado porque parece que queimam uma vida e odeio estar à lareira sem estar muito bem acompanhada. Odeio o Inverno quando estou sozinha, odeio estar sozinha porque quero, odeio que me amem e não amar esses mesmos. Odeio comida de fast-food, odeio pessoas de duas caras, odeio betos, odeio tias, odeio pessoas armadas em boas e odeio pessoas boas armadas em chatas. Odeio pessoas que parecem vazias mas afinal são um poço sem fim. Odeio telenovelas sem fim, odeio saber que não vou almoçar a casa. Odeio ir ao cinema sem companhia e odeio ir ao Chiado sem dinheiro. Odeio não ir uma vez pôr mês ao chiado, porque funciona como uma terapia. Odeio ir ao Vasco da Gama e estar mau tempo, para me ir sentar nos bancos à beira mar para voltar a pensar em tudo aquilo que passei ali. Odeio andar sem dinheiro, odeio saber que amanhã tenho que me levantar cedo e não sei bem porquê. Odeio saber que amanhã tenho alguma coisa para fazer, porque o prazer da vida está nos imprevistos. Odeio desenhos feios, odeio capas foleiras e capas de "people i'm here". Odeio bestas, odeio troles. Odeio pessoas que não são capazes de amar aquilo que é seu e aquelas que as amam porque fica bem. Odeio tentar ser feliz e nunca o conseguir, odeio tentar e bater sempre com a cabeça na parede. Odeio políticos que têm a mania que sabem falar e gerentes do futebol que pensam que o sabem. Odeio amar e saber que não sou amada. Odeio não ir à bola de 3 em 3 meses, porque funciona como uma recuperação a nível mental de todo o trabalho que tenho andado a desenvolver. Todos nós temos que ter alguma coisa para odiar...

segunda-feira, outubro 18, 2004

À dias...

À dias perguntaram-me: "porquê é que escreves sobre amor, se simplesmente agora não estás apaixonada por ninguém...?!?".
Bem... a resposta é simples... para falar sobre isso, não é preciso estar naquela altura dentro do assunto... é preciso simplesmente saber o que se passou no passado! Tanta gente que agora não está apaixonado e fala sobre isso... É normal... talvez um caso mal resolvido no passado... talvez algumas coisas que se passaram que por isso sabe o quer dizer... não sou o tipo de miúda que adora jantar à luz das velas... mas se vier é muito bem-vindo! lol É lógico... quem não gosta?!? Por mais gente que diga que não, não gosta... obviamente que se tivessem essa hipótese iriam adorar! :D

sábado, outubro 16, 2004

Amo-te porque... não sei!

Amo-te como nunca amei ninguém... amo-te como se fosses o meu Sol, a minha paixão, o meu desejo, a única coisa que um dia eu quis...
Simplesmente, amo-te... será tão difícil perceber porquê? Preciso de ti como preciso do ar para respirar, amo-te porque preciso de ti, amo-te porque te amo, porque amar, é amar sem explicação, amar só por amar... amar... just love... amar porque se ama... amar porque se vive... amar porque um dia me desiludi com alguém e agora quero voltar a viver!

domingo, outubro 10, 2004

Olá
Este é o blog onde a censura fica em casa! Este blog tem glamour, classe e uma boa dose de ironia! O desportivismo está sempre presente! Viva à liberdade de expressão! :D